Pesquisadores indianos patentearam recentemente um gel de ervas com uma variedade do conhecido cominho, desenvolvendo assim um produto barato e eficaz para tratar pessoas psoríase – doença de pele que causa coceira e erupções e afeta milhões de pessoas no mundo.

Os tratamentos atualmente disponíveis no mercado, que incluem o uso de esteroides e terapia de radiação UV, tendem a ser bem caras, além de oferecerem vários efeitos colaterais.

A psoríase ainda é uma doença sem cura, mas os cientistas da Universidade Shoolini, na Índia, desenvolveram este gel à base de plantas, que contém um composto químico antiinflamatório totalmente natural e que é consideravelmente mais barato do que qualquer tratamento antes conhecido.

A descoberta dos cientistas contém uma substância química chamada timoquinona, substância farmacologicamente ativa e encontrada nas sementes da planta Nigella sativa – também conhecida como cominho preto e bastante utilizada na culinária asiática e também na medicina herbal.

O Dr. Poonam Negi, junto de Charul Rathore e Ishita Sharma, aproveitaram os efeitos terapêuticos conhecidos da timoquinona neste gel que pode fornecer alívio praticamente imediato das erupções cutâneas e, assim, melhorar a qualidade de vida do paciente que sofre de psoríase.

Até então, muitos pacientes usavam o óleo de sativa para tratar problemas de pele, incluindo erupções psoriáticas. O gel age bem diferente do óleo:

“Este óleo contém baixos níveis de timoquinona, o que força os pacientes a aplicarem grandes quantidades dele. Nosso gel desenvolvido, no entanto, mantém concentrações terapeuticamente eficazes de timoquinona nas lesões psoriáticas”, explicou o Dr. Negi.

Loogo, o gel se mostrou mais eficaz do que o óleo e já foi testado pré-clinicamente quanto à eficácia e segurança, com ensaios clínicos ainda não concluídos mas promissores.

O gel patenteado também foi desenvolvido à base de água, algo que acaba tornando o seu preço acessível.

Dr. Negi estima que sua terapia custaria menos de US$ 7 por mês, cerca de R$ 35 na cotação atual, em casos de psoríase leve e menos de US$ 15 , R$ 75, para casos de psoríase em pacientes de grau moderado para grave.

Atualmente, a pesquisa está no estágio 2 de desenvolvimento do produto e os cientistas estão à procura de parceiros para a conclusão dos estudos o mais breve possível, com a expectativa de terem o produto disponível no mercado nos próximos 2 anos.

Com informações GNN
Foto: Creative Commons

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS



LIVRO NOVO




A Soma de Todos Afetos
Blog oficial da escritora Fabíola Simões que, em 2015, publicou seu primeiro livro: "A Soma de todos Afetos".

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here