Derek Prue, um paizão de Stony Plain, em Alberta, no Canadá, percebeu que seu filho de 8 anos não se sentia confortável com sua marca de nascença. O menino se recusava a tirar sua camisa para entrar na piscina com outras pessoas.

Foi então que seu pai decidiu tatuar a mesma marca de nascença do filho para ajudá-lo na sua autoestima e confiança. E definitivamente valeu a pena as 30 horas de sessões para tatuar o desenho.

“Eu pensei que seria um trabalho de uma única sessão. Mas três horas se transformaram em cerca de 30 horas.”, explicou o pai para o portal Global News.

O resultado acabou sendo muito melhor do que ele esperava, pois o filho ficou extremamente feliz.

“Ele sempre teve orgulho de sua marca de nascença e então eu o vi cobrindo-a. Acho que ele estava um pouco ciente disso. Queria conseguir o mesmo para não ser o único”, acrescentou Derek.

O filho só ficou sabendo que o pai tinha feito a tatuagem num outro dia em que foram pra piscina. Derek então tirou a camisa e mostrou ao filho, Derek Jr., que eles tinham agora a mesma marca. O menino não conseguia acreditar de tanta felicidade. Junior então perdeu o medo e tirou a camisa para dar um bom mergulho na piscina.

Dias depois, pai e filho foram ao estúdio de tatuagem Juicy Quill Tattoo para mostrarem pro Tony Gibert, o tatuador, como a marca que o inspirou a fazer o mesmo desenho ficou.

“Isso é algo que afetou muito o seu dia a dia, dando-lhe mais confiança, fazendo-o saber que não era o único com esta grande marca. Agora é para sempre”, contou o tatuador.

Que atitude linda do pai e que final feliz!

Com informações Global News
Foto: Reprodução/Global News

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS



LIVRO NOVO




A Soma de Todos Afetos
Blog oficial da escritora Fabíola Simões que, em 2015, publicou seu primeiro livro: "A Soma de todos Afetos".

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here