O que essa vovó de origem mexicana sobrevivente da Covid fez para agradecer os profissionais de saúde que a salvaram é um lindo gesto de gratidão: 800 refeições, mas não qualquer refeição, e sim uma receita especial de família.

Margarita Montañez é uma vovó de 73 anos que resolveu fazer pratos típicos mexicanos, chamados de tamales, uma espécie de massa de milho, em palhas de milho – que pode parecer com a nossa pamonha aqui no Brasil.

A idosa prometeu à equipe médica do Cedars-Sinai Medical Center, na Califórnia que se, no caso dela sobreviver ao novo coronavírus, levaria as tamales caseiras no Natal para todos do hospital. E foi dito e feito.

A vovó chegou a passar 20 dias no hospital em um ventilador na UTI.

Na última quinta-feira, 17, ela cumpriu sua promessa e fez a entrega de 800 tamales no hospital. No total, ela levou cinco dias para cozinhar tudo.

“As pessoas podem não se lembrar dela, mas ela se lembra da equipe médica todos os dias por causa do que eles fizeram para salvar sua vida e a de literalmente milhares de pessoas”, disse Cindy, filha da vovó.

“Então eles são os heróis e merecem os melhores tamales do mundo, que são os tamales da minha mãe”, concluiu.

Com informações Sunnyskyz
Foto: reprodução KTLA

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS



LIVRO NOVO




A Soma de Todos Afetos
Blog oficial da escritora Fabíola Simões que, em 2015, publicou seu primeiro livro: "A Soma de todos Afetos".

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here