Felizmente, o Natal chegou antecipado pra muita gente: até a última terça, dia 23, mais de 2,3 milhões pessoas foram contabilizadas como tendo sido vacinadas contra a Covid-19 no mundo.

Os países que começaram suas vacinações são: Reino Unido, Estados Unidos, Canadá, Israel, China e Rússia, que aprovaram as doses dos imunizantes para uso emergencial ou definitivo neste fim de ano para frear a pandemia.

China e Rússia usam vacinas próprias, autorizadas pelos governos de ambos os países.

Reino Unido, EUA, Israel e Canadá estão vacinando suas populações com a vacina da Pfizer/BioNTech, reconhecida pela OMS.

Recentemente, os EUA também aprovaram e distribuíram a vacina própria do país, feita pela Moderna, ou seja, são dois imunizantes diferentes sendo aplicados em território norte-americano.

Enquanto isso, o mundo continua aguardando a vacina de Oxford, que durante a pandemia foi a principal e mais promissora vacina do mundo, mas que ainda não foi aprovada, nem mesmo no Reino Unido. Apesar de ter sido a primeira a chegar na fase 3 de testes e a ter resultados de eficácia comprovados e publicados em revistas científicas, a vacina da universidade britânica não foi aprovada por nenhuma agência reguladora do mundo.

No Brasil, o governador de São Paulo, João Doria afirmou que pretende começar vacinação no Estado no dia 25 de janeiro. Doria inclusive afirmou que o governo receberá um lote com matéria-prima para mais 5,5 milhões de doses da vacina CoronaVac, desenvolvida pelo laboratório chinês Sinovac em parceria com o Instituto Butatan e que já foi aprovada pela Anvisa.

Com informações G1, BBC, NTY e CNN
Foto: Reuters

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS



LIVRO NOVO




A Soma de Todos Afetos
Blog oficial da escritora Fabíola Simões que, em 2015, publicou seu primeiro livro: "A Soma de todos Afetos".

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here