Margaret Keenan – que completa 91 anos esta semana foi a primeira a ser vacinada contra Covid-19 no Reino Unido e ficou emocionada ao receber a dose. Ela disse aos repórteres locais que foi “o melhor presente de aniversário antecipado que poderia esperar…”.

Keenan está hospitalizada em Coventry, parte central da Inglaterra. Ela foi imunizada nesta terça, 8, com a vacina que foi desenvolvida pela Pfizer e junto da empresa alemã BioNTech.

Seu primeiro pensamento momentos depois de receber a vacina não poderia ser mais bonito e simbólico: “Isto significa que finalmente posso pensar em passar um tempo com minha família e amigos no Ano Novo, depois de ficar sozinha por grande parte do ano”, celebrou.

O governo britânico decidiu que a prioridade na vacinação popular por lá seriam em idosos e seus cuidadores, além dos profissionais de saúde na campanha de vacinação. O Ministro da Saúde britânico, Matt Hancock, está chamando a campanha de “Dia V”.

O Reino Unido foi o país europeu mais afetado pela pandemia e contabiliza mais de 61.400 mortes confirmadas ao mesmo tempo em que é o primeiro país do Ocidente a autorizar o uso de uma vacina contra a covid-19 na população.

“Este dia marca um enorme avanço na luta do Reino Unido contra o coronavírus”, declarou o primeiro-ministro Boris Johnson. “Mas a vacinação em larga escala vai levar tempo”, recordou, ao pedir que população continue respeitando as medidas de precaução.

A Rússia é outro país que também já começou a aplicar uma vacina contra o novo coronavírus na sua população, a Sputinik V na população, assim como a China, que também utiliza de uma vacina experimental, mas neste caso, apenas ainda para um grupo reduzido de pessoas.

Com informações TheSun
Foto: reprodução / TheSun

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS



LIVRO NOVO




A Soma de Todos Afetos
Blog oficial da escritora Fabíola Simões que, em 2015, publicou seu primeiro livro: "A Soma de todos Afetos".

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here