A farmacêutica pede ao FDA (Anvisa dos EUA) para que a vacina seja liberada em caráter emergencial para salvar vidas o quanto antes.

O anúncio foi feito do pedido da empresa aconteceu na última sexta, dia 20. A Pfizer já confirmou, assim como publicamos aqui na Soma , que a expectativa é produzir até 50 milhões de doses ainda este ano e cerca 1,3 bilhão de doses até o final de 2021 para alcançar o mundo inteiro.

O jornal The New York Times destacou que existe a possibilidade dos americanos receberem a vacina contra Covid-19 já no próximo mês.

A vacina foi desenvolvida em parceria com a empresa de biotecnologia alemã BioNTec.

Em vídeo, o CEO da empresa Albert Bourla celebrou o feito, dizendo que era “um dia histórico”.

“É com grande orgulho e alegria — e um pouco de alívio — que eu posso dizer que nossa solicitação para uso emergencial da nossa vacina agora está nas mãos da FDA”, comentou.

A vacina da Pfizer está em testes no Brasil com 3.100 voluntários nos estados de São Paulo e Bahia.

Contudo, ainda existe uma negociação oficial entre o governo brasileiro para ter as vacinas da Pfizer.

Com informações Veja
CEO PFIZER Foto: reprodução Bloomberg

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS



LIVRO NOVO




A Soma de Todos Afetos
Blog oficial da escritora Fabíola Simões que, em 2015, publicou seu primeiro livro: "A Soma de todos Afetos".

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here