Gente, que filha é essa? Com apenas 5 anos, e sem saber ler ou escrever, a pequena Autumn Collins conseguiu salvar a vida da sua mãe quando ela teve uma crise repentina de epilepsia.

A menina conseguiu desbloquear o celular da mãe e pesquisar nos contatos para fazer uma chamada de vídeo.

Essa heroica salvação aconteceu no último dia 28, em Birkenhead, Merseyside, na Inglaterra, quando Nicola passou mal logo depois de preparar um bolo pra sua filhinha.

As duas estavam juntas na cozinha quando Nicola teve o ataque de epilepsia.

Felizmente, sua filha rapidamente. Já sabendo da condição da mãe, mesmo com tão pouca idade, ela colocou um travesseiro embaixo da cabeça dela e correu para o sofá, local onde estava o telefone da mãe..

Autumn ligou o FaceTime e acionou uma amiga de Nicola, chamada Laura.

Quem respondeu não foi Laura, mas sua sobrinha e a menina disse:

“Você pode dizer pra Laura que minha mãe está tendo um ataque?”

Graças a Deus deu tudo certo e Laura conseguiu ir na casa da amiga e chamar uma ambulância.

Depois que foi socorrida e tudo passou, Nicola contou ao jornal Liverpool Echo que não consegue acreditar como a filha pegou instintivamente o telefone, conseguiu desbloquear o código, e fez um contato pra sua amiga.

“Estou tão orgulhosa dela. Ela salvou minha vida”, disse a m~e.

Os médicos afirmaram que a rapidez da pequena Autumn ao pedir socorro foi praticamente determinante para salvar a vida de Nicola.

Com informações Liverpool Echo e Mirror
Fotos: Nicola Collins/Liverpool Echo

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS



LIVRO NOVO




A Soma de Todos Afetos
Blog oficial da escritora Fabíola Simões que, em 2015, publicou seu primeiro livro: "A Soma de todos Afetos".

1 COMENTÁRIO

  1. Quem sabe Autumn estava acompanhada de um anjo de cinco anos também, com o poder de intui-la para fazer a ligação, mantendo a calma e o sangue frio para salvar sua mãe? Quem sabe ele a impediu de ficar simplesmente chorando e conduziu sua pequena mão para fazer um milagre tão grande?

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here