Todos nós sofremos de insônia. É aquele momento da vida em que acordamos sem motivo aparente, temos dificuldade para dormir ou demoramos horas para dormir, obtendo um descanso de má qualidade. Consequentemente, começamos o dia com pouca energia, pouca concentração e pouca motivação, o que vai piorando com o passar dos dias se a insônia não desaparecer.

Mais de 10% da população sofre de insônia tão forte que acaba sofrendo consequências físicas e mentais. A falta de sono reparador, cujo objetivo é reconstruir o corpo e a mente e reajustá-los para começar o dia preparado para novos desafios, pode levar a um aumento no aparecimento de doenças como depressão e ansiedade, aumentando o risco de acidentes no estrada ou aumentar doenças cardíacas e imunológicas. O descanso ajuda-nos, entre outros, a assimilar os alimentos que comemos antes de deitarmos, a regular o nosso metabolismo e sistema imunológico e a aumentar a nossa capacidade cognitiva e criativa.

As causas da insônia que nos visitam em nossas vidas podem ser de origens muito diferentes. Por um lado, podem ser causadas por maus hábitos relacionados à alimentação, como beber muita cafeína ou bebidas estimulantes durante o dia ou um jantar muito pesado, mas também pode ser devido à falta de exercícios físicos e uma vida muito sedentária, que causa a corpo não gasta toda a energia acumulada e permanece ativo à noite. Além disso, a insônia também tem sido relacionada à falta de regularidade nos horários para ir dormir, situação agravada em quem trabalha com mudança de turno.

Em alguns casos, a insônia se deve a problemas de saúde subjacentes, como uma redução do ritmo circardíaco que ocorre com a idade avançada e causa uma diminuição nas horas de sono, ou sintomas de doenças que aparecem durante a noite, como tosse ou refluxo e que influenciam na conciliação ou manutenção do sono. No entanto, o trabalho, o estresse emocional ou a ansiedade causados por problemas não resolvidos durante o dia costumam ser as causas mais comuns que impedem a mente de se desconectar para se preparar para um descanso de qualidade.

A insônia pode ter diferentes graus. Alguns são mais graves que outros e, quando se tornam crônicos, é melhor pedir ajuda profissional para ajudá-lo a recuperar o descanso e aliviar os efeitos que a falta de sono pode causar no corpo e na mente. Mas se a incapacidade de adormecer é causada por problemas circunstanciais que não puderam ser resolvidos no momento, algumas atividades muito simples podem nos ajudar a superar esse momento de trânsito:

Esporte. O esporte é bom para todos os momentos da vida, até para dormir melhor. É melhor optar por exercícios respiratórios suaves e controlados, como ioga ou caminhada por 30 minutos, antes de decidir por um exercício físico intenso. Este último, se praticado à tarde e menos de duas horas antes de dormir, pode causar o efeito contrário, uma vez que a forte secreção de endorfinas que produz atividades como o HIIT pode encher seu corpo de energia e prevenir o estado de relaxamento necessário para adormecer.

Jogue. As obrigações do dia-a-dia e o ritmo frenético com que passamos as horas, desde o levantar-se até a hora de dormir, impedem-nos de encontrar momentos de desconexão para nos concentrarmos em atividades lúdicas e supérfluas que servem para aliviar a mente das cargas do dia. O jogo é uma daquelas atividades que deixou de ser praticada na idade adulta e que ajuda a deixar de lado as dificuldades do dia a dia, além de desenvolver a criatividade e a socialização e ser uma excelente ferramenta no combate ao stress. Já foram realizados estudos com videogames em jogadores e mostraram alterações na atividade das áreas frontais do cérebro relacionadas a maior relaxamento e melhora do humor. Porém, não é necessário ter uma consola para usufruir dos benefícios do jogo: os mesmos efeitos podem ser alcançados com um entretenimento mais clássico como os jogos de casino ou o xadrez e que agora são facilmente encontrados na vasta gama de plataformas oferecidas pela internet.

Medite. Para adormecer e ter um descanso de qualidade, o cérebro tem de se desligar dos problemas que encontrou durante o dia. A meditação tem cada vez mais seguidores que aderiram a essa prática infalível para conectar a mente com o momento presente. Deitar no escuro, fazer um som repetitivo e relaxante, tirar a tensão de todas as partes do corpo e visualizar uma imagem agradável por 15 minutos, são alguns passos simples que irão ajudá-lo a ter um sono livre de estresse e preparar o corpo para receber o tão desejado descanso repousante.

Photo by Matteo Di Iorio on Unsplash

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS



LIVRO NOVO




A Soma de Todos Afetos
Blog oficial da escritora Fabíola Simões que, em 2015, publicou seu primeiro livro: "A Soma de todos Afetos".

1 COMENTÁRIO

  1. Rezar costuma resolver e nem precisa ser uma oração convencional, com palavras decoradas, com as quais nos desconectamos antes de chegar à metade, por conta de outras questões ocupando, em nossa mente, o espaço sagrado delas. Uma sincera conversa com Deus, como a gente faz com o melhor amigo, se a gente tem a sorte de ter um, sem exigência, petitório, ansiedade, queixa ou reclamação, costuma atrair energias boas de paz, sempre que a gente está em equilíbrio, psíquico espiritual, facilitando que o sono seja a resposta Dele, até que o sol de nova manhã nos devolva aos nossos próprios braços, refeitos do cansaço, quiçá do pranto suave derramado, abençoados e calmos para viver de novo.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here