Notícia boa sobre a vacina de Oxford contra Covid-19, que está sendo testada no Brasil: testes revelam que ela apresentou resultado positivo em idosos e jovens.

A farmacêutica responsável pela vacina, a AstraZeneca, revelou que as respostas imunológicas da vacina foram similares entre adultos com idade mais avançada e também com os mais jovens. Ela também acrescentou que as reações adversas foram menores nos idosos, que são o grupo de risco mais propenso à Covid-19.

Essa importante notícia foi divulgada pela Reuters, uma das agências de notícias mais conceituadas do mundo. Na matéria, um porta-voz da AstraZeneca contou que os resultados obtidos foram animadores e que “ajudam a construir a evidência para a segurança e imunogenicidade da AZD1222”.

Enquanto isso, o jornal Financial Times foi mais longe e declarou que é muito provável que a vacina de Oxford seja uma das primeiras aprovadas para aplicação geral.

O Brasil participa do estudo global da vacina desenvolvida pelos pesquisadores da Universidade Oxford, abrangendo 5 mil voluntários.

Além disso, o atual Ministro da Saúde, o general Eduardo Pazuello, afirmou, no início de outubro, em entrevista concedida à CNN Brasil, que o Brasil terá 30 milhões de doses da vacina disponíveis em janeiro de 2021.

Com informações Reuters, Financial Times e Metrópoles
Foto: REUTERS/Dado Ruvic

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS



LIVRO NOVO




A Soma de Todos Afetos
Blog oficial da escritora Fabíola Simões que, em 2015, publicou seu primeiro livro: "A Soma de todos Afetos".

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here