Alma Mazza, de 92 anos, sabe bem que nunca é tarde para fazer o bem e também ajudar outras pessoas. E é exatamente por isso que ela uma heroína na Itália.

Alma começou a trabalhar na Cruz Vermelha italiana quando tinha 60 anos. Hoje, aos 92, ela coordena a Cruz Vermelha de Arona, na região de Piemonte e se você perguntar quando ela vai se aposentar, com certeza ela ficará furiosa.

Segundo a nona Alma, o trabalho é a sua forma de ajudar e também de se sentir viva, de saber que está contribuindo, mas também se fortalecendo ao mesmo tempo.

A sua idade e a experiência de vida são importantes nessa hora para ajudá-la nos atendimentos telefônicos e comunicações com ambulâncias.

Apesar de parecer fácil, de fácil não tem nada. A vozinha precisa de muita empatia e tranquilidade para atender algumas chamadas, pois às vezes quem está do outro lado da linha está em pânico.

Mais do que um serviço de coordenação da Cruz Vermelha da cidade, ela também faz todo o acompanhamento com a pessoa do outro lado da linha, demonstrando apoio emocional, principalmente. O que é fundamental para quem está numa situação de emergência.

Que senhora, gente! Essa avó merece um prêmio, merece tudo.

Com informações Pozitizie e Quokkamag
Foto: CroceRossaArona

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS



LIVRO NOVO




A Soma de Todos Afetos
Blog oficial da escritora Fabíola Simões que, em 2015, publicou seu primeiro livro: "A Soma de todos Afetos".

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here