Arqueólogos argentinos anunciaram a descoberta de vários ovos de dinossauro conservados, que eles acreditam datar de quase 70 milhões de anos.

Os ovos foram encontrados há vários anos em um local chamado Auca Mahuevo na região sul da Patagônia por um pastor local, mas a descoberta só foi divulgada recentemente pela Diretora de Patrimônio Cultural local, Claudia Della Negra, que trouxa a informação à público através da mídia da Argentina.

“Auca Mahuevo é um local onde os ovos de dinossauro aparecem nos ninhos junto com os restos dos animais que os comeram”, disse Della Negra.

Esta não é a primeira vez que o local produz uma surpresa tão impressionantes para arqueólogos, já que ovos semelhantes foram encontrados na Argentina em 1997.

O responsável acrescentou que as autoridades argentinas pretendem criar um parque paleontológico na zona que será futuramente será visitada pelos turistas. “Porém, a prioridade é preservar este local para as gerações futuras.”

“O local era um pântano que na época estava coberto de água e… sedimento cobriu e afogou os embriões dentro dos ovos. O outro sedimento veio da erupção do vulcão Auca Mahuida dez milhões de anos depois”, acrescentou.

“A pesquisa recebeu contribuições da National Geographic, CONICET e Zaragoza (Espanha) para fazer a análise dos materiais”., continuou Della Negra.

A diretora também observou que a nova descoberta é de grande valor para os cientistas que já examinaram a pele e até os dentes dos embriões encontrados.

O estudo pode fornecer novos insights sobre os estágios de desenvolvimento dos dinossauros estavam na Terra antes de nós.

Com informações Nation

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS



LIVRO NOVO




A Soma de Todos Afetos
Blog oficial da escritora Fabíola Simões que, em 2015, publicou seu primeiro livro: "A Soma de todos Afetos".

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here