Cavanaugh Bell, de apenas 7 anos, transformou o bullying enfrentado na escola em gentileza, criando uma ONG pra ajudar pessoas carentes. É isso mesmo, no lugar de se vingar, o menino canalizou sua energia para algo positivo e hoje é bem mais feliz por causa da decisão que tomou.

“Depois que fui intimidado e me senti muito mal, eu não queria que outras crianças se sentissem da mesma forma que eu”, explicou o menino em sua página GoFundMe.

“Então, perguntei a minha mãe se ela poderia me ajudar a espalhar amor e positividade. E, quanto mais eu retribuía à minha comunidade, mais queria continuar fazendo isso”, explicou Bell.

O menino recolhe suprimentos essenciais de inverno, alimentos e produtos de limpeza para doar para pessoas necessitdas.

Mesmo antes do bullying, Bell – que está na segunda série – já fazia sua parte para retribuir de alguma forma, mesmo durante a pandemia.

No começo, Bell gastava suas economias e doava pacotes de alimentos e produtos de higiene para seus vizinhos idosos, grupo maior de risco e que precisavam ficar em casa na quarentena.

Vendo o projeto crescer, ele e sua mãe organizaram um depósito especialmente para armazenar tudo que conseguissem arrecadar.

E foi assim que Bell lançou sua ONG, a Cool & Dope, que quer dizer “considerar os obstáculos dos outros na vida e distribuir energia positiva”.

A missão da organização sem fins lucrativos é combater o bullying nas escolas e disseminar a positividade por meio de atos de gentileza, porque gentileza é sempre bom.

Bell tem ainda um sonho: ver o bullying totalmente erradicado até completar 18 anos.

Crianças são o futuro do mundo.

Com informações GNN
Foto: Cool & Dope

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS



LIVRO NOVO




A Soma de Todos Afetos
Blog oficial da escritora Fabíola Simões que, em 2015, publicou seu primeiro livro: "A Soma de todos Afetos".

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here