O Instituto Butantã revelou que a vacina contra a Covid-19 que estava sendo desenvolvida em parceria farmacêutica chinesa Sinovac, se mostrou segura. Agora falta muito pouco.

Os testes da vacina foram realizados com 9 mil voluntários brasileiros, apenas para reforçar os resultados promissores da pesquisa anterior, realizada com 50 mil participantes chineses.

O Governo de SP deve anunciar de forma oficial nesta segunda, dia 19.

De acordo com o diretor do Butantã, Dimas Covas, os testes com os 13 mil voluntários ainda não foram finalizados e a análise de eficácia não chegou a ser comprovada.

“São esses dados que vou detalhar na segunda. Eficácia ainda não dá para falar porque temos de esperar as pessoas terem contato com o vírus. Pela minha impressão, acho que teremos dados conclusivos mais para o fim do ano, entre novembro e dezembro”, disse Covas ao Estadão.

Mesmo nesse grupo de pessoas testadas, nem todos ainda tomaram as duas doses da vacina, algo que deve acontecer até o final deste mês.

“Já temos os dados de segurança dessa etapa, eles são muito parecidos com os chineses – estudo em que mais de 90% dos voluntários não tiveram eventos adversos. São esses dados que vou detalhar na segunda”, finalizou.

Com isso, é mais provável que vacinação comece apenas no final do ano. De qualquer forma, vamos ter esperança, gente.

Com informações Metrópoles
Foto: Divulgação/Sinovac

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS



LIVRO NOVO




A Soma de Todos Afetos
Blog oficial da escritora Fabíola Simões que, em 2015, publicou seu primeiro livro: "A Soma de todos Afetos".

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here