Esse simpático médico, no auge dos 98 anos, está no grupo de risco nesta pandemia, mas enquanto a maioria pararia de atender, ele não quer deixar nenhum paciente sem ser cuidado e continua atendendo.

O Dr. Christian Chenay é o médico mais antigo de toda a França e o seu consultório fica localizado em uma área de baixa renda da capital Pris, tudo para que possa atender e cuidar de pessoas que não teriam acesso a cuidados de saúde da qualidade que elas merecem.

“Eu não poderia desistir do trabalho”, disse Chenay no seu pequeno e humildade consultório em Chevilly-Larue, logo após mais um dia de expediente encerrado: uma criança doente e uma mulher com pressão alta.

Na pandemia, o médico quase centenário oferece consultas de telessaúde, por vídeo, para a maioria de seus pacientes, além visitar lares de idosos todas as semanas para se encontrar com eles pessoalmente – tudo dentro dos procedimentos de proteção na pandemia.

Mesmo sendo um alto risco, a esposa do médico não ficou exatamente emocionada e feliz com a decisão dele porque estava com medo de que ele trouxesse o vírus para casa – uma preocupação óbvia.

“Simplesmente não posso abandonar [meus pacientes] no meio desta epidemia de vírus”, disse o médico.

Com informações The Guardian e Inspire More
Foto: Magali Delporte / The Guardian

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS



LIVRO NOVO




A Soma de Todos Afetos
Blog oficial da escritora Fabíola Simões que, em 2015, publicou seu primeiro livro: "A Soma de todos Afetos".

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here