A Fiocruz anunciou que iniciará no mês que vem, em outubro, testes com a vacina BCG – usada para prevenir tuberculose como possível forma de proteger também contra a Covid-19.

Os primeiros testes serão conduzidos em 3 mil profissionais de saúde, todos voluntários, nos estados do Mato Grosso Sul e do Rio de Janeiro, feito através de uma parceria com o Instituto de Pesquisa Infantil Murdoch, da Austrália.

O estudo será financiado pela por ninguém menos que Bill Gates, passando pela Fundação Bill e Melinda Gates.

“Todos os voluntários passarão por exames para verificar se há ou não a presença do vírus no organismo. As pessoas aprovadas para o estudo receberão a cepa da BCG dinamarquesa. Vamos acompanhar essas pessoas por até um ano, período em que serão feitas análises interinas de proteção, ou seja, avaliações intermediárias recomendadas em estudos de longa duração,” declarou Margareth Dalcolmo, que coordena o experimento juntamente do colega Júlio Croda.

Além de serem realizados no Brasil, os testes também acontecerão na Austrália, na Espanha e Reino Unido, todos parte da pesquisa iniciada na Universidade de Melbourne, com o apoio da Organização Mundial da Saúde (OMS).

Os pesquisadores australianos se basearam em estudos já existentes que mostram que a vacina BCG é sim eficiente contra várias outras infecções respiratórias e virais.

“É importante ressaltar que ainda não temos a comprovação de que a BCG é eficaz contra a covid-19, nem por quanto tempo ela mantém o organismo imune contra outras doenças respiratórias. Por isso, as pessoas não devem tomar a vacina acreditando que possa evitar o novo coronavírus,” complementou Júlio Croda.

Mais uma esperança pra gente acreditar, hein!?

Com informações Diário da Saúde
Foto: divulgação

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS



LIVRO NOVO




A Soma de Todos Afetos
Blog oficial da escritora Fabíola Simões que, em 2015, publicou seu primeiro livro: "A Soma de todos Afetos".

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here