ATENÇÃO! A MATÉRIA NÃO É NENHUM INCENTIVO PARA CRIANÇAS DIRIGIREM, mas não temos deixar passar em branco o heroísmo deste neto de 11 anos que conseguiu salvar a avó, que passou mal na rua. O menino, que nunca tinha dirigido na vida, pegou o carro da família e conseguiu levar a avó até o hospital mais próximo.

PJ Brewer-Laye, é residente de um bairro em Indianapolis, no estado de Indiana, nos EUA.

A avó do menino, Angela Brewer-Laye passou mal perto de casa, agora em setembro, quando os dois saíram a pé para passear.

O New York Post informou que Angela teve uma tontura repentina e ficou perto de perder os sentidos no meio da rua.

Ela lembra que pediu ao neto pra voltar para casa e pedir ajuda. Mas o garoto se recusou a esperar e, temendo pela vida da avó, teve outra ideia.

“Me apoiei num sinal de trânsito, de repente, olhei para a direita e vi o meu carro – o meu Mercedes-Benz – vindo na minha direção, de uma forma calma. Olhei para dentro do carro e era o PJ”, contou a avó ao 11Alive.

Logo depois o garotinho conseguiu colocar Angela no veículo e levou sua avó para uma unidade de saúde mais próxima de onde estavam.

“Essa criança tem apenas 11 anos e já conduz como um profissional”, disse Angela agradecida.

Ela garantiu esta havia sido a primeira vez que o menino dirigiu um automóvel.

Enquanto iam para o hospital, Angela conseguiu gravar um pequeno vídeo, de poucos segundos, mostrando o grande “herói” na direção.

Nas imagens dá pra ver PJ conduzindo o carro “calmamente”, mesmo sendo uma emergência.

Graças a ele, a avó conseguiu ser atendida e passa bem.

Assista ao vídeo:

Com informações do NYP e NotíciasAoMinuto
Fotos: reprodução / NYP

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS



LIVRO NOVO




A Soma de Todos Afetos
Blog oficial da escritora Fabíola Simões que, em 2015, publicou seu primeiro livro: "A Soma de todos Afetos".

1 COMENTÁRIO

  1. Muitos pontos a se destacar nesse menino-homem, mas a sua serenidade dirigindo e a lucidez que precisou usar, quando chegou em casa e não encontrou ninguém, para pegar o carro da vó e voltar para salvá-la, é impressionante mesmo. Bem, a não ser que… ele já dirigisse escondido dela, vez em quando, só vez em quando, quem sabe enquanto ela tirava um cochilo e ele pegava a chave, escondido, será ou não será? Muito segurança em quem dirige pela primeira vez num momento de sufoco, é ou não é, mas melhor deixar quieto e ensinar a ele a dirigir legal, para ir se acostumando até que possa tirar a carteira e continuar sendo o guardião de sua avó que provou ser. Mas por enquanto, melhor esconder a chave, vai que… ai meu Deus.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here