Yunjeong Kim e Kyeong-Ok “KC” Chang, virologistas da Faculdade de Medicina Veterinária da Universidade Estadual do Kansas, publicaram um estudo mostrando um possível tratamento terapêutico para o COVID-19.

A dupla revelou que os antivirais e inibidores de protease de moléculas pequenas são eficazes contra o novo coronavírus em humanos. O estudo foi publicado na última segunda, 3, na revista da comunidade científica Science.

As proteases do tipo 3C da Covid-19, conhecidas como 3CLpro, são fortes alvos terapêuticos porque desempenham papéis vitais na replicação do vírus.

As substâncias já tiveram testes realizados em laboratório e os resultados mostraram serem capazes de neutralizar a atuação do novo coronavírus em células das vias respiratórias humanas.

Em trabalhos anteriores, a dupla de virologistas já havia desenvolvido vários compostos antivirais denominados inibidores de protease do tipo 3C, cujo alvo era uma enzima essencial para a replicação do vírus da covid.

Na pesquisa, a dupla também testou como essas substâncias se comportariam na presença de células infectadas com Sars-CoV-2, que é o causador da Covid-19, além da Sars-CoV, o vírus da Sars ou c, agente da Mers – Síndrome Respiratória do Oriente Médio.

De acordo com os estudiosos que leram o estudo da dupla, um dos compostos, chamado 6e, mostrou forte atividade contra o vírus causador do coronavírus, inibindo a replicação viral em até dez vezes.

Outra substância, batizada de 6j, também diminuiu a taxa de mortalidade entre os camundongos com Mers e ainda reduziu a quantidade de vírus nos pulmões e evitou complicações perigosas por conta da doença.

Chang e Kim conseguiram esse estudo atrvés de doações do National Institutes of Health, voltadas para desenvolver medicamentos antivirais para tratar infecções por MERS.

O trabalho acabou sendo estendido para outros vírus potenciais contra humanos, como rinovírus e SARS-CoV-2.

“O trabalho que esse grupo de colaboradores vem desenvolvendo antivirais e inibidores de SARS e MERS há vários anos é vital para a capacidade de dinamizar rapidamente a ênfase na pesquisa sobre vírus e terapêutica SARS-CoV-2,” disse Peter K. Dorhout, vice-presidente de pesquisa da K-State.

Com informações MedicalXpress
Foto: Faculdade de Medicina Veterinária da Universidade Estadual do Kansas

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS



LIVRO NOVO




A Soma de Todos Afetos
Blog oficial da escritora Fabíola Simões que, em 2015, publicou seu primeiro livro: "A Soma de todos Afetos".

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here