“Honestidade vem em primeiro lugar”, foi que disse de imediato a catadora Sílvia Cristina dos Santos, uma das responsáveis por encontrar um cofre abandonado com R$ 36 mil ao falar com a mídia.

Esse caso de maravilhosa honestidade aconteceu na última semana na Acropem, Associação dos Catadores de Papel, Papelão e Materiais Recicláveis de Araçatuba, localizada no interior do Estado de São Paulo.

O cofre foi abandonado foi encontrado por quatro catadores.

Sílvia Cristina dos Santos, coordenadora de pátio da associação, e uma dos catadores, foi uma das primeiras a descobrir a quantida.

Ela e mais um colega de trabalho tentavam carregar o cofre, quando do nada caiu uma nota de R$ 100 dele.

“Estávamos tentando levar o cofre para fazer como base para um tambor de água que usamos para lavar louças, depois que perdemos quase tudo com o incêndio na sede”, falou Sílvia ao R7.

“Na hora começamos a brincar que dividiríamos o dinheiro, mas não era sério. Levamos o cofre para a secretária da associação em seguida”, acrescentou Sílvia.

Em seguida os catadores chamaram imediatamente a Polícia Civil.

Para Sílvia, não esta sempre foi a única opção: “Nós sabemos que a honestidade vem em primeiro lugar. O dinheiro não é nosso e tem que ser entregue ao dono”, falou.

“É gratificante. Entregamos nas mãos certas”, concluiu Sílvia.

Parabéns! O mundo sempre precisa de honestidade!

Com informações R7
Foto: reprodução / R7

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS



LIVRO NOVO




A Soma de Todos Afetos
Blog oficial da escritora Fabíola Simões que, em 2015, publicou seu primeiro livro: "A Soma de todos Afetos".

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here