Uma jovem usou o dinheiro que seria para a sua festa 15 anos para ajudar pessoas que perderam o emprego após a pandemia.

A adolescente Jiromy Xool Pech decidiu mudar a finalidade do que seria a sua festança de aniversário, para no lugar, transformá-lo em comida para doar à comunidade mais afetada com o desemprego e a fome nos últimos tempos: as pessoas que ficaram sem nada por conta da pandemia.

Jiromy mora em Mérida, Yucatán, no México e declarou: “Em vez de festejar, prefiro dar comida às pessoas, para ajudar a elas mesmas. Em vez de festejar, quero ajudar”, disse a jovem.

Foto: Arquivo Pessoal

Ela já não poderia comemorar por causa do isolamento, daí então pediu aos pais que em vez de economizar para uma grande festa que todos da família pudessem ir quando tudo isso acabasse, que concordassem com ela nessa causa.

A própria jovem é que teve a ideia e ela mesma se propôs a entregar a comida nos finais de semana.

Graça ao seu gesto pra lá de generoso, dezenas de famílias puderam ter um prato de comida fresca durante estes tempos difíceis em que vivemos.

O altruísmo de Jiromy também inspirou seus familiares e até vizinhos que também aderiram à iniciativa.

Com informações Nation
Foto: Arquivo Pessoal

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS



LIVRO NOVO




A Soma de Todos Afetos
Blog oficial da escritora Fabíola Simões que, em 2015, publicou seu primeiro livro: "A Soma de todos Afetos".

1 COMENTÁRIO

  1. A pandemia convergiu o mundo para uma mudança de foco inadiável, embora a ficha não tenha caído para todos. Porém alguns descobriram, abismados, que só precisavam mesmo de 20% de tudo o que acumularam, os troféus à vaidade enfileirados nas prateleiras quilométricas, quase impossível de alcançar.Bem aventurados estes que perceberam que a felicidade está dentro de si mesmos e não exposta nas vitrines artificiais, tentando incautos e imaturos a mais um lance no vazio de”ter mas não ser”.Quando a pandemia trouxe as pessoas para dentro das casas, muito mais as empurrou para dentro de cada qual, onde não tinham tempo de visitar, mas agora têm. Sobreviventes da Covid ou os imunes a ela, estão sendo chamados a uma reforma íntima impreterível e não dá para alegar falta de tempo. Porque os que “partiram’ para Outra Dimensão já pagaram o alto preço da doença, da solidão e da morte e agora, merecidamente são condecorados como heróis. Precisamos ser um pouco heróis também, em homenagem a eles, e Jiromy está provando isso, motivando-se para ser melhor do que seria, se vestida para uma festa, a sua tão sonhada festa. Sentindo a carência dos outros, como sua, recebeu de presente tudo o que pode ser de verdade, amadurecida e acordada do seu sonho mas feliz e realizada optando por ser assim, parabéns pra você!

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here