Mal o mês de agosto começou e já temos a maravilhosa notícia da previsão de uma chuva de meteoros na segunda semana.

O evento ocorrerá no dia 12 de agosto, noite em que será possível visualizar a chuva de meteoros Perseidas, originários da poeira deixada pelo cometa 109P/Swift-Tuttle.

O pico acontecerá na madrugada do dia 12 para 13 no hemisfério sul. A chuva de estrelas entra na Terra a uma velocidade de 210 mil quilômetros por hora – impressionante.

Será possível vê-las de qualquer lugar, desde o que o céu esteja limpo.

David Galadí, astrônomo no Observatório de Calar Alto – Centro Astronômico Hispano-Alemão, recomenda que para admirar esse tipo de fenômeno, esteja-se sempre longe da poluição luminosa, em uma zona rural, por exemplo, além de tempo e paciência para admirar o momento.

“É preciso ir com a ideia de que, na melhor das hipóteses, você vai ver dois meteoros a cada minuto”, afirma.

Além disso, na manhã do dia 13 de agosto será possível ver o planeta Vênus ou Estrela D’Alva, o planeta mais brilhante do sistema solar e que alterna suas aparições nos céus matutino e vespertino a cada 300 dias.

Na manhã do dia 13, Vênus atinge o ponto mais alto no horizonte leste antes do nascer do Sol.

A recomendação é observar o norte uma hora antes do amanhecer. Quanto mais escuro o local da observação, melhor.

Que evento!

Com informações El País e Galileu
Foto: reprodução

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS



LIVRO NOVO




A Soma de Todos Afetos
Blog oficial da escritora Fabíola Simões que, em 2015, publicou seu primeiro livro: "A Soma de todos Afetos".

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here