Segundo um estudo recente, o hormônio da felicidade pode ajudar a curar o próprio corpo, mais especificamente o seu intestino, tudo por causa da serotonina liberada no organismo. A serotonina produz um composto químico de bem-estar e ainda ajuda a reduzir os problemas causados por possíveis bactérias que possa ter contraído no intestino, impedindo infecções mais graves.

A descoberta foi feita pela Universidade Southwestern, dos EUA e acabou publicada na Science Direct, podendo representar uma nova forma que temos de combater infecções sem tratamentos realmente eficazes.

Embora a grande maioria das pesquisas sobre a serotonina tenha sido concentrada nos seus efeitos em relação ao cérebro, já que cerca de 90% desse neurotransmissor – um composto químico usado pelas células nervosas para se comunicar – é produzido no trato gastrointestinal, como explicou a professora Vanessa Sperandio.

Nos seres humanos são trilhões de bactérias vivendo em nosso sistema gastrointestinal sem termos conhecimento. A maioria delas é benéfica, mas as bactérias patogênicas também podem colonizar o trato gastrointestinal, causando infecções graves até fatais.

Os pesquisadores se perguntaram se a serotonina produzida no intestino poderia afetar essas bactérias patogênicas que infectam o trato gastrointestinal.

Eles trabalharam com a Escherichia coli O157, uma espécie de bactéria que causa surtos periódicos de infecções transmitidas por alimentos – como exemplos mais comuns de infecções de intestino.

“O tratamento de infecções bacterianas, especialmente no intestino, pode ser muito difícil. Se pudéssemos redirecionar o Prozac ou outras drogas da mesma classe, isso poderia nos dar uma nova arma para combater essas infecções desafiadoras”, concluiu Sperandio.

Os estudos seguem, mas as descobertas até o momento são animadoras, principalmente pra quem tem problemas constantes de intestino.

Com informações Diário da Saúde
Imagem de capa: Jeryd Gillum@jerydgg

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS



LIVRO NOVO




A Soma de Todos Afetos
Blog oficial da escritora Fabíola Simões que, em 2015, publicou seu primeiro livro: "A Soma de todos Afetos".

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here