A comunidade LGBTQIA+ vive há anos lutando por direitos iguais na sociedade. Embora ainda haja muito a ser feito, a batalha pela igualdade de direitos vem ocorrendo ano após ano, ganhando reconhecimento e visibilidade em vários países. Ernesto e Alejandro se dedicaram (e continuam) a essa luta por longos anos, alcançando um pequeno reconhecimento de que hoje completa uma década.

Há dez anos, eles finalmente puderam oficializar o seu amor e se casaram na cidade de Buenos Aires. Eles foram o primeiro casal homossexual na Argentina e um dos pioneiros na América Latina em questões de direitos. Eles têm mais de 40 anos de relacionamento, mas o mais bonito de tudo, o amor deles permanece intacto.

“Foi uma sexta-feira muito chuvosa. Foi muito emocionante e acima de tudo, foi coletivo. Sentimos parte de uma mudança que estava nos excedendo. Quero dizer: nos sentimos meio heróis, desistindo de parte de nossa intimidade e de nossas vidas e arrastando nossos entes queridos para isso, sem saber qual seria a reação da sociedade.” disse Ernesto Larresse ao Clarín.

Ele próprio estabeleceu um precedente, um roteiro e um caminho para continuar reivindicando direitos de todos da comunidade.

“Agora está tudo mais fácil. Fico feliz em ver meninos com meninos e meninas com meninas andando calmamente pela rua, de mãos dadas, mas sofremos muito para chegar a isso. Por isso, acreditamos que o casamento foi, acima de tudo, um ato político”. disse Alejandro Vannelli ao Clarín.

Hoje eles já têm netos e uma linda família cheia de amor, que a coisa mais importante nesta vida.

A Argentina foi pioneira na América do Sul, sendo o primeiro país a aprovar o casamento de pessoas do mesmo sexo.

Com informações Clarín (imagem de capa) e UPSOCL

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS



LIVRO NOVO




A Soma de Todos Afetos
Blog oficial da escritora Fabíola Simões que, em 2015, publicou seu primeiro livro: "A Soma de todos Afetos".

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here