Quando andamos pelas ruas e encontramos um cachorro indefeso, abandonado, é automático que quase todo mundo sinta pena. Assim como também é natural que queiramos fazer algo para ajudá-lo.

Certamente existem aqueles que lhes deixam um pouco de água ou de comida, mas tem gente que vai além disso. Um belo exemplo é o de Elenice Rozane, uma mulher que vive na Argentina e sabe muito bem como pode ser o inverno rigoroso quando não estamos adequadamente protegidos. Por isso, ela decidiu melhorar a qualidade de vida de três filhotes e, com a colaboração de suas amigas Mimi Bernardi e Eliana Millillo, construiu uma casa para eles:

Elenice Rozane

“Quando construímos a casa, havia três cães grandes que moravam lá em um colchão debaixo de uma árvore (…) quando choveu, foi um problema, tudo ficou molhado. Até que um dia coletamos dinheiro com um amigo, compramos os materiais e fizemos a casa” disse Elenice Razone para o portal UPSOCL

Seus amigos as ajudaram nas medições e ela demonstrou seu conhecimento de carpintaria; juntos, eles montaram uma casa que atenda esses cachorros em situação de rua de uma forma que eles nunca poderiam imaginar.

Elenice Rozane

A história foi anunciada por Elenice em seu próprio Facebook e logo se tornou viral, algo que foi uma agradável surpresa para ela e as amigas:

“Vejo que eles publicam as fotos em perfis de diferentes países e me pergunto como aconteceu. Mas estou feliz. Espero que muitas pessoas sejam encorajadas a fazer casas para cachorros na rua. Algumas horas de trabalho e poucos materiais podem mudar suas vidas” disse orgulhosa.

A ideia veio não apenas da boa vontade, mas também diante do impedimento de encontrar abrigos porque todos já estavam cheios. Atualmente, o número de cães que se beneficiam da casa improvisada é ainda maior:

Elenice Rozane

“Vou todos os dias apenas para lhes trazer comida e água. Agora, mais 2 cães se juntaram e há 5 que vivem lá. A casa fica na rua debaixo de uma árvore, está intacta por sorte, ninguém a danificou” contou Elenice.

As boas intenções de Elenice não pararam por aqui, pois ela quer que o Município tome isso como uma ideia e construa mais casinhas para abrigar animais de rua.

“Sonho com uma lei municipal que construa casas e doe alimentos, que todos os vizinhos podem doar comida e água. Há muitos cães na rua aqui” completou.

Elenice Rozane

Tudo o que precisamos fazer é admirar esse belo trabalho e tentar imitá-lo, caso não possamos nós mesmos adotar esses animais. Belo gesto da Elenice e muito obrigado por ter um coração tão grande.

Com informações UPSOCL / Fotos: reprodução

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS



LIVRO NOVO




A Soma de Todos Afetos
Blog oficial da escritora Fabíola Simões que, em 2015, publicou seu primeiro livro: "A Soma de todos Afetos".

1 COMENTÁRIO

  1. Sou protetora de animais mas tenho restrições contra esse tipo de ajuda, por mais benditas as mãos que construíram as casinhas e por mais bem intencionados sejam estes corações abnegados e puros. Humanos moradores de rua podem invadi-las”,considerando-as boas demais para os cães e vândalos poderão incendia-las e expulsar os cães, se não forem tão maus a ponto de feri-los ou mata-los.Mais de uma vez, fatos tristes como esses já ocorreram e, a não ser que as casinhas fiquem em local vigiado, por exemplo, postos de gasolina ou locais que permanecem em funcionamento à noite, com pessoas que concordam e aplaudem a iniciativa, sou contra esse perigo em potencial para os cães e uma amarga decepção para essas mulheres do bem que, óbvio, só merecem aplauso, apesar dos pesares. Bora ajudar os cães de outro modo, quem sabe com campanhas de adoção pela Internet ou construindo essas casinhas nos Abrigos de Animais já existentes.Nao dá é pra dispensar o amor de vocês, isso é que não.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here