Segundo o portal G1 publicou, A Fundação Lemann e a Universidade Federal de São Paulo – Unifesp confirmaram nesta segunda, 22, que os testes da vacina ChAdOx1 nCoV-19 já tiveram início em São Paulo.

A vacina aparenta ser a mais promissora contra o novo coronavírus e foi desenvolvida pela Universidade de Oxford, no Reino Unido.

A vacina é está no grupo de 13 em todo o mundo, que já estão em fase na fase final de testes em humanos.

Pelo menos 2 mil profissionais de saúde voluntários vão testar a vacina tanto em São Paulo quanto no Rio de Janeiro.

A explicação pelos profissionais de saúde é justamente por estarem na linha de frente do combate à Covid-19, em situação de maior exposição e consequentemente, contaminação. Além disso, todos os voluntários precisam ser soronegativos, ou seja, que não contraíram a doença anteriormente.

Ao todo, cerca de 5 mil profissionais de saúde, contanto ambas as capitais mais algumas cidades da região Nordeste do país participarão das testagens da vacina desenvolvida pela Universidade de Oxford.

A expectativa é que 50 mil pessoas serão testadas em todo o mundo, sendo 30 mil concentradas nos Estados Unidos e alguns países da África e da ásia.

Foto: University of Oxford

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS



LIVRO NOVO




A Soma de Todos Afetos
Blog oficial da escritora Fabíola Simões que, em 2015, publicou seu primeiro livro: "A Soma de todos Afetos".

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here