A atividade física é importante para o desenvolvimento saudável do ser humano. No caso de esportes radicais, ele é uma forma de atividade serve para condicionar e desafiar o corpo em situações novas, com muita adrenalina.

De uma maneira geral, os esportes radicais deveriam ser chamados de “esportes de risco controlado”, uma vez que essas práticas sejam realizadas de acordo com os padrões de segurança correspondentes ou indicados para elas – e com a orientação de especialistas, a fim de viver a experiência ao máximo sem nenhum tipo de prejuízo.

Enfim, o próprio nome sugere que essas são atividades que podem comprometer a integridade daqueles que as praticam. Portanto, é necessário prestar a devida atenção a certos fatores que podem determinar que o esporte se desenvolva sem problemas.

Essas atividades causam grande satisfação nas pessoas, pois elas se conectam com um instinto que todos os seres humanos têm, que é a sobrevivência e é caracterizado por sentir, precisamente, uma satisfação brutal por poder sobreviver a um certo desafio, que constitui graus a atingir para se deparar com uma dificuldade e focar em seu modo de superação.

Melhores destinos radicais do Brasil

No Brasil, alguns destinos se destacam no turismo radical, sendo muitos deles perfeitos para os amantes de adrenalina. Veja os 10 mais procurados e com melhor infraestrutura e natureza exuberante:

1. Brotas, SP: Rafting, Rapel e Tirolesa;
2. Foz do Iguaçu, PR: Rafting.
3. Petar, SP: Rapel e Trilhas;
4. Chapada dos Veadeiros, GO: rapel, trekking;
5. Piracicaba, SP: Balonismo;
6. Teutônia, RS: Street Luge;
7. Torres, RS: Surfe;
8. Marília, SP: Motocross;
9. Boituva, SP: Paraquedismo;
10. Fernando de Noronha, PE: Mergulho.

Antes de fazer as malas e embarcar, pense que, antes de tudo, sua segurança será a maior prioridade. Então, confira abaixo algumas dicas e curiosidades de segurança para você que está pensando em praticar algum esporte radical em uma dessas cidades brasileiras!

Perspectivas em acessibilidade

Cada vez mais as cidades brasileiras vêm se esforçando para oferecer condições iguais de acesso a seus serviços e equipamentos a pessoas com deficiência e necessidades especiais. Podemos ver esse esforço, por exemplo, nas calçadas e nos transportes públicos, que foram gradualmente adaptados a todos. O turismo também está seguindo esta diretriz. Agora, alguns lugares e atrações podem ser apreciados por todos, e outros estão se aperfeiçoando para conhecer pessoas com todos os tipos de deficiências e mobilidade reduzida, além de mulheres grávidas, idosos e obesos. Vários destinos brasileiros, especialmente imóveis no Rio de Janeiro estão preparados para receber turistas com necessidades especiais.

Importância de um bom vestuário

Para praticar esportes radicais no Brasil, suas roupas, sapatos e demais equipamentos que você usa não devem ser escolhidos devido à sua aparência – e sim tendo em mente critérios de segurança. Acessórios como capacete, joelheiras, cotoveleiras ou muitos outros foram projetados para proteger as partes mais vulneráveis do seu corpo, por isso recomendamos que você carregue tudo o que precisa para tornar cada sessão um sucesso no nível de segurança. Um detalhe importante é que você não deve comprar itens baratos à venda, a menos que sejam de marcas reconhecidas.

Faça um bom preparatório físico

Atletas regulares, sejam eles quais forem, sabem que o aquecimento é uma das maneiras mais eficazes de prevenir lesões. O mesmo vale para esportes radicais. Lembre-se de que para praticá-las é necessário usar muita força e habilidade física, por isso é bastante lógico fazer uma sessão de alongamento muscular antes de iniciar o dia do exercício. Além do mais, pense a respeito de fazer um bom momento preparatório para se arriscar em uma atividade que não tenha familiaridade, de repente investindo nisso por algumas semanas! Se você pretende, por exemplo, surfar em praias de Santa Catarina, poderá escolher se hospedar por uma temporada em imóveis em Florianópolis, para ir adquirindo a prática e familiaridade com esse esporte pouco a pouco – o que ajuda a melhorar seu desempenho físico e satisfação com a prática esportiva!

Tenha um bom guia de turismo e de esportes radicais

Esportes de risco devem ser praticados por pessoas experientes. Portanto, se você é iniciante, é uma grande vantagem (e mais aconselhável) ser guiado por uma pessoa que possua experiência suficiente. Obviamente, essa pessoa indicará o melhor equipamento para você e para a atividade a ser realizada. Além disso, ele pode fornecer dicas e pontos importantes que você deve levar em consideração e em que deve se concentrar se quiser obter a habilidade necessária para o esporte.

Esteja ciente e meça os riscos do esporte praticado

Lembre-se sempre de que eles não são chamados de esportes de risco por nada. Você pode estar animado para recriar algumas das façanhas daqueles que o inspiraram a se aventurar nessa área. No entanto, você deve medir os riscos o tempo todo e levar em consideração o seu nível de habilidade. É muito possível que a princípio você não seja bom, mas como se costuma dizer “a prática leva à perfeição”. É importante que as pessoas que ingressam no mundo dos esportes de risco controlado não confundam a satisfação do ego, por isso, também sempre haja com humildade, evitando violar regulamentos de segurança. A prudência geralmente é uma ótima companheira na prática de esportes radicais.

Prefira praticar em grupo

Se possível, tente praticar o esporte de risco de sua escolha com um grupo de amigos ou participe de um treinamento no qual várias pessoas participem. Esses tipos de esportes são baseados principalmente na diversão e no quão emocionantes podem ser. Qual a melhor maneira de aproveitar ainda mais o seu novo hobby do que com os amigos? Essa também pode ser uma precaução caso algo aconteça com você enquanto você o pratica; portanto, sempre haverá alguém por perto para pedir ajuda, se necessário.

Agora que você conheceu estas dicas interessantes de esportes radicais e locais para praticá-los no Brasil, pense a respeito de se aventurar em alguma dessas modalidades! Aproveite e compartilhe este post!

***
Imagem de capa: Pixabay

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS



LIVRO NOVO




A Soma de Todos Afetos
Blog oficial da escritora Fabíola Simões que, em 2015, publicou seu primeiro livro: "A Soma de todos Afetos".

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here