Não dá pra gente normalizar essas histórias, mas é uma grande inspiração a linda jornada de uma mãe doméstica que, graças ao seu trabalho, conseguiu com que o filho, dedicado, terminasse o doutorado em uma universidade federal.

Giuliano Ferreira Pereira, de 29 anos, defendeu a sua tese de doutorado de engenheiro florestal no início do mês, dia 5, e acabou sendo aprovada pela Universidade Federal do Paraná (UFPR).

Giuliano obviamente comemorou muito nas redes sociais, mas lamentou a ausência da mãe dele, a dona Maria de Fátima Ferreira, de 62 anos, que faz parte do grupo de risco e não podia estar presente para comemorar essa conquista, já que ela está respeitando o isolamento social por conta da pandemia.

Giuliano conta que dona Maria fez de tudo para que ele tivesse o que ela nunca teve: oportunidades na vida.

A sua mãe e maior inspiração e heroína, Maria de Fátima, começou a trabalhar como doméstica ainda adolescente, depois de ficar órfã e ser acolhida por uma irmã.

Até hoje, Dona Maria ainda trabalha para a mesma família. “Eles sempre me deram muito incentivo para que o Giuliano estudasse”, disse ela ao jornal Tribuna do Paraná.

Maria de Fátima só teve chance de cursar até 3º ano do agora Ensino Fundamental.

“Me senti bem feliz da vida. A história do filho da empregada [suspira]. Espero que ele continue sendo um bom rapaz. O Giuliano nunca incomodou, sempre foi muito querido”, disse ela bastante emocionada.

Giuliano agradece à mãe e também a oportunidade de ter estudado em uma universidade pública.

“Além de ser filho da empregada, sou filho da Universidade pública, realizei minha graduação (UFSC), mestrado (UDESC) e agora doutorado (UFPR), em instituições públicas de ensino. […] A educação pública transformou minha vida e de diversas outras pessoas que não teriam oportunidade de realizar seus estudos de outros modos”, disse orgulhoso.

Com informações Tribuna do Paraná
Foto: arquivo pessoal

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS



LIVRO NOVO




A Soma de Todos Afetos
Blog oficial da escritora Fabíola Simões que, em 2015, publicou seu primeiro livro: "A Soma de todos Afetos".

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here