Para alguns, a religião é baseada inteiramente na austeridade e na doação aos mais necessitados. Para o pastor Dante Gebel, por outro lado, ser um líder espiritual também significa ter o direito de gastar milhares de dólares com bens materiais.

Essa é a história do pastor argentino Dante Gebel, que fundou uma igreja nos Estados Unidos que lhe permitiu alcançar um nível de fama e fortuna raro em figuras religiosas que tem como principal objetivo pregar a austeridade e a constante ajuda aos mais necessitados.

Originalmente da província de Buenos Aires, onde nasceu há 51 anos, Dante Gebel já foi ator de profissão antes de se tornar um famoso pastor evangélico na América, onde fundou, há apenas seis anos, a Igreja do Rio, com extraordinário sucesso, principalmente comunidade hispânica, segundo informou o site Diario Popular.

Em seu site, Gebel se apresenta como “Ministro das Assembleias de Deus e atual pastor da Igreja do Rio em Anaheim”, que fica no estado da Califórnia.

LA Times

A sua igreja fica simplesmente em frente à Disneyworld e tem as dimensões de um estádio de futebol, praticamente. Na entrada da sua igreja, com uma foto sua vestindo um smoking, vem a descrição que “sua contribuição nos ajuda a levar o Evangelho a todo o mundo” e isso significa que você contribuir através de: “PayPal, Visa, MasterCard, Maestro e American Express”.

A figura do pastor causa polêmica não apenas pelo seu estilo de vida – que ele se orgulha de ser controverso – mas também pelo uso duvidoso que faz das doações que seus seguidores fazem pra sua igreja.

Em vez de usar centenas de milhares de dólares para ajudar outras pessoas ou espalhar a palavra de Deus, Gebel usou mesmo o dinheiro para comprar carros luxosos e propriedades caras.

Sem nenhuma modéstia, o pastor tem uma Ferrari F355 Spider Giallio que dirige e a classifica como uma “semente” que, em seu dicionário evangélico, significa “doação”.

E se algum “fariseu” (em seu dicionário, crítico) questiona, a teologia do pastor (totalmente contrária à teologia da libertação católica), ela explica a maneira misteriosa como o carro esportivo foi oferecido: “Quando Afirmo que Deus abençoa extravagantemente, não exagero”, disse.

Diario Popular

“Minha vida inteira foi assim! Eu me desapego do que Deus me dá, e Ele me dá mais. Que culpa eu tenho que Deus me abençoe tanto e que Ele seja fiel às Suas promessas?”, disse Gebel ao ser questionado.

O que você acha sobre tudo isso? Comente!

Com informações Diario Popular

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS



LIVRO NOVO




A Soma de Todos Afetos
Blog oficial da escritora Fabíola Simões que, em 2015, publicou seu primeiro livro: "A Soma de todos Afetos".

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here