Há um fator muito importante que foi pouco comentado durante a pandemia e que, entre as consequências colaterais desse surto, encontra-se contaminação gerada pelas máscaras de proteção que são descartadas nas ruas e que são essenciais para impedir o contágio, mas como são descartáveis, eles podem também virarem um foco de transmissão. E já existem autoridades preocupadas com isso.

Unplash

Mas em Roma por exemplo, a cidade não está preocupada apenas com as pessoas infectadas pela pandemia, mas também no impedimento do vírus ser propagado das mais diferentes formas. Uma das medidas adotadas recentemente por lá é a punição financeira para quem jogar fora, e não em locais apropriados, luvas e máscaras de proteção.

Unplash

A informação veio do periódico Deutsche Welle, que publicou um extenso relatório da agência espanhola Efe, onde é mostrada a cidade de Roma que aprovou uma lei na qual estabelecem multas entre 25 e 500 euros para quem descartar luvas e máscaras nas ruas.

Unplash

“Nestes meses de emergência sanitária por coronavírus, nossos operadores ambientais denunciaram em inúmeras ocasiões a coleta de luvas e máscaras usadas, jogadas no chão por pessoas rudes”, disse a prefeita da cidade italiana, Virginia Raggi.

Além disso, Raggi foi veemente quando disse que os resíduos “também constituem não apenas um risco potencial para a saúde”, mas também danos ao meio ambiente. Portanto, a partir de 31 de julho próximo, essa ordenança entrará em vigor.”

Unplash

A prefeita da cidade indicou que a melhor alternativa para se livrar de máscaras e luvas é jogá-las nos recipientes corretos de lixo, para que não fiquem ao alcance de pessoas na rua.

Uma medida necessária, sem dúvida. Que mais cidades coloquem esse tipo de lei em prática.

Com informações Deutsche Welle

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS



LIVRO NOVO




A Soma de Todos Afetos
Blog oficial da escritora Fabíola Simões que, em 2015, publicou seu primeiro livro: "A Soma de todos Afetos".

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here