A pandemia que estamos vivendo pouco tem dado trégua ao mundo e, além de ter tirado muitas vidas, ainda faz sofrer milhões de outras pessoas no aspecto econômico. São empregos e pequenas empresas falidas com a atual situação, cabendo aos governos oferecer um mínimo de auxílio para os seus cidadãos.

Na Bolívia, o país decretou estado de emergência, por enquanto, até amanhã dia 31, com as principais cidades do território com alto risco de contágio.

Embora a Bolívia não esteja vivendo uma situação tão alarmante quanto outros países do continente, o governo está distribuindo auxílio aos mais necessitados. E essa senhora ficou emocionada ao contar a sua história quando foi receber um desses auxílios.

Dona Palmita decidiu rejeitar a ajuda do governo, pedindo ao agente que foi entregá-la para levar para “quem realmente precisa”. O funcionário se emocionou com o gesto de generosidade.

Antes mesmo dos funcionários do governo explicarem o auxílio, a dona Palmita tratou logo de explicar que o porquê não queria recebê-lo:

“Agradeço do fundo do meu coração e com lágrimas nos olhos, mas tenho um pouco de renda do meu falecido marido. Dê para as pessoas que realmente precisam e que não têm entrada para elas. Agradeço ao Senhor pela ajuda”, disse a simpática senhora.

Assista ao vídeo:

https://www.youtube.com/watch?v=9m9naG_ycLk&feature=emb_logo

Palmita mostrou que tem uma alma generosa e rara hoje em dia. Embora ela não tenha dinheiro sobrando no atual cenário, ela está bem o que tem e não precisa de mais. Obviamente, o momento não passou despercebido, já que os próprios funcionários do governo gravaram o momento e publicaram nas redes sociais – que logo viralizou.

Muita emoção isso! Que mulher! Que guerreira! Que alma!

Com informações UPSOCL

RECOMENDAMOS



LIVRO NOVO



Blog oficial da escritora Fabíola Simões que, em 2015, publicou seu primeiro livro: "A Soma de todos Afetos".

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui