Mesmo em tempos de quarentena, a educação continua sendo uma das prioridades de alguns países. O governo do Peru por exemplo, anunciou recentemente a compra de 840 mil tablets para que alunos de famílias em situação de pobreza possam ter a oportunidade de estudar em casa nesse período isolamento social.

Dos 840 mil equipamentos comprados pelo governo peruano, 719 mil serão destinados a estudantes de áreas rurais, enquanto os 123 mil restantes vão para estudantes das áreas urbanas.

O Ministério da Educação do país ainda revelou no anúncio que todos os tablets comprados serão entregues já com internet, no objetivo de “fechar uma lacuna histórica em questões digitais e educacionais”.

Os tablets serão destinados para alunos do 4º, 5º e 6º ano do ensino fundamental e médio.

“Com esses equipamentos, estudantes dos lugares mais remotos do nosso país terão acesso ao mesmo conteúdo que os alunos da cidade acessam. Quem tem acesso à internet, tem maior capacidade de acessar informações”, disse o presidente Martín Vizcarra.

A Peru é atualmente o segundo país mais afetado pelas consequências provocadas pela quarentena.

Com isso, o país precisou adiar novamente o retorno das aulas e não encontrou uma alternativa melhor do que o ensino à distância:

“O que está absolutamente claro é que, a curto e médio prazo, as aulas não serão presenciais, elas ainda acontecerão à distância”, acrescentou o presidente, depois de informar que o número de casos no país pela doença que assola o mundo aumentou por lá.

“Os estudantes técnicos, universitários, nos níveis iniciais, primários e secundários, terão que fazer aulas à distância”, enfatizou o presidente em coletiva de imprensa virtual.

O Peru está segue em estado de emergência de saúde desde 15 de março, e a população ficará em confinamento obrigatório até 10 de maio, podendo ter o prazo estendido.

Com informações AFP e OPovo
Foto de capa: @stem_t4l via Unplash

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS



LIVRO NOVO




A Soma de Todos Afetos
Blog oficial da escritora Fabíola Simões que, em 2015, publicou seu primeiro livro: "A Soma de todos Afetos".

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here