Charmaine McGuffey precisou processar o ex-xerife do condado de Hamilton, Jim Neil, tudo porque ele a demitiu por razões homofóbicas pelo fato dela ser homossexual. Além disso Charmaine decidiu dar uma lição no ex-chefe fora dos tribunais, concorrendo com ele eleições primárias democratas para o cargo de xerife. Resultado: ganhou de lavada com aproximadamente 70% dos votos.

Charmaine agora só precisará enfrentar Bruce Hoffbauer, o outro candidato e atual tenente da polícia de Cincinnati Caso ela vença, Charmaine se tornará a primeira xerife LGBT + em seu estado.

“Fiquei um pouco surpresa. Eu sabia que venceríamos por uma margem. Eu não sabia que seria tão grande”, disse Charmaine à Local12.

Ainda de acordo com o site Cincinnati.com, a política conservadora do ex-xerife deixou frustrado muitos democratas do condado. “Francamente, meu oponente finge ser democrata há muitos anos, quando na verdade ele está muito mais alinhado com os republicanos. Ele diz às pessoas o que elas querem ouvir e depois não seguem adiante”, afirmou Charmaine.

E o jogo virou bonito, não é mesmo? O preconceito sempre perde no final.

Com informações PoeNaRoda

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS



LIVRO NOVO




A Soma de Todos Afetos
Blog oficial da escritora Fabíola Simões que, em 2015, publicou seu primeiro livro: "A Soma de todos Afetos".

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here