A iniciativa partiu de dois adolescentes, ambos de 16 anos, de Curitiba. Inspirados em uma ação feita no Canadá, os jovens já ajudaram mais de 800 profissionais de saúde com o seu extensor. Os modelos têm a principal utilidade de auxiliar nos incômodos causados pelas máscaras nas orelhas.

“A gente sabe que é uma coisa muito pequena, mas que causa diferença enorme no dia a dia dos que estão no combate direto contra o coronavírus”, falou um dos adolescentes.

A design Patrícia Pereira, que mora na Flórida, nos Estados Unidos, também é outra pessoa que trouxe a ideia do extensor com o intuito de ajudar. Patrícia criou e desenvolveu um projeto especial e está oferecendo de graça para empresas brasileiras que queiram fabricar em grande escala e doar para hospitais.

“Pra mim eles são novos heróis. Eles estão salvando o mundo e eu acho que isso é lindo, é incrível e eu acho que eles têm que estar protegidos e tudo que for gerar conforto e alento a eles é uma maneira de contribuir”, disse Patrícia.

Com informações G1 Paraná

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS



LIVRO NOVO




A Soma de Todos Afetos
Blog oficial da escritora Fabíola Simões que, em 2015, publicou seu primeiro livro: "A Soma de todos Afetos".

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here