Alex tem 20 anos e é aluno da Universidade Autônoma de Santa Ana (El Salvador). E embora não seja o intuito de romantizar a sua situação econômica, não dá pra negar que Alex já é um vencedor por arrumar um jeito de ter as suas aulas online, mesmo sem ter internet em casa.

Em tempos de quarentena, Alex precisou se adaptar aos novos tempos já que a sua universidade passou a ter aulas virtuais apenas e se ele não tivesse encontrado uma força de esforçar, ele acabaria ficando pra trás em relação aos colegas e ao conteúdo.

“Nunca imaginei que uma árvore que plantássemos seis anos atrás me desse a oportunidade de continuar estudando. É assim que tenho que receber minhas aulas o-line. É o único lugar onde posso encontrar uma pequena barra de sinal”, disse o jovem para o site El Salvador.

“Às vezes eu gostaria de estar em um sofá ou em uma cadeira, tendo minhas aulas, como todo mundo.”, continou.

Sua história acabou viralizando nas redes sociais e está ganhando o mundo.

Geralmente, as aulas de Alex começam às 7 da manhã, terminando quase na hora do almoço. Além da conexão precária em cima da árvore, existe o óbvio desconforto.

“Tudo o que faço é porque aprecio o esforço que meu pai faz para me levar à frente.”, disse o jovem orgulhoso.

Felizmente, devido a divulgação da sua história, o governo do país prometeu entrar em contato com Alex para lhe dar um dispositivo mais moderno e também acesso à internet gratuita, segundo apurou o site El Salvador.

Com informações El Salvador

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS



LIVRO NOVO




A Soma de Todos Afetos
Blog oficial da escritora Fabíola Simões que, em 2015, publicou seu primeiro livro: "A Soma de todos Afetos".

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here