O que menos importa agora são as diferenças políticas entre os dois países. A união para salvar vidas é o mais importante para atravessarmos esse momento delicado.

Rússia e EUA estão protagonizando mais um verdadeiro exemplo de que disputas políticas não podem ser mais importantes do que salvar vidas em meio uma pandemia que afeta o mundo inteiro. Prova disso é que a Rússia enviou o seu maior avião de carga disponível, lotado de suprimentos médicos, com destino aos EUA para ajudá-los a diminuir a escassez em meio ao coronavírus. Os EUA é o país mais afeto agora, ultrapassando a Itália.

Segundo a agência de notícias Reuters, o avião russo AN-124 foi enviado com máscaras, aventais médicos e equipamentos hospitalares. O avião decolou de Moscou ontem à noite para os EUA.

A Embaixada da Rússia em Washington fez uma declaração sobre o assunto através secretário de imprensa do presidente russo, Dmitry Peskov:

“Ciente das graves epidemias Nos Estados Unidos, o lado russo ofereceu equipamentos médicos e equipamentos de proteção como assistência.

“É importante ressaltar que, ao oferecer assistência aos colegas americanos, o presidente Putin é guiado pela seguinte consideração: quando os fabricantes de equipamentos médicos dos EUA ganham impulso, poderão retribuir, se necessário”, continuou ele.

“Agora, quando a situação atual afeta todos e cada um e pode ser caracterizada como global, não há alternativa para trabalhar juntos no espírito de parceria e ajuda mútua.”

Abaixo, a postagem do governo russo com a foto do avião e também dos suprimentos enviados para os EUA:

Com informações do GNN

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS



LIVRO NOVO




A Soma de Todos Afetos
Blog oficial da escritora Fabíola Simões que, em 2015, publicou seu primeiro livro: "A Soma de todos Afetos".

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here