Com poesia e muitas histórias, uma turma de cariocas resolveu telefonar e oferecer afago para quem está se sentindo sozinho em tempos de quarentena. Para ler poesias ou contar histórias, esses voluntários de todas as idades buscam oferecer, através das suas vozes, companhia e acolhimento para as mais diversas pessoas.

Com 31 anos, Tamires Halak saiu da UTI e foi para o isolamento social. Ela estava internada por causa de uma miocardite e passou uma semana de cama no hospital e, coincidentemente, voltou pra casa no primeiro dia oficial da quarentena. Sem poder realizar qualquer atividade que demande esforço por recomendações médicas, Tamires conta que viu na oportunidade de contar histórias por telefone uma chance de driblar a solidão.

— Ainda estou me recuperando do coração e meu marido é diabético, ou seja, do grupo de risco para a Covid-19. É um contexto muito estressante. Poder fazer essas ligações tem sido uma experiência riquíssima. Tento ler coisas mais positivas, que passem uma mensagem de ânimo — contou Tamires em entrevista ao jornal EXTRA.

Tamires faz parte dos 1.062 voluntários do lindo projeto chamado “Histórias por telefone”. Ele foi criado pela Secretaria estadual de Cultura e Economia Criativa. O projeto já tem mais de 2.600 ouvintes desde que começou, há um mês. A ideia era atender voltada especificamente para pessoas idosas, mas o projeto fez tanto sucesso que foi além, expandindo para todas as idades, tanto para ouvintes quanto para voluntários.

Cristina Ávila, de 45 anos, é escritora e uma das voluntárias que recitam poesias para ouvintes. Nas ligações, ela apresenta versos seus nas conversas que realiza.

— Um dia, conversei com um rapaz da Itália que se cadastrou no projeto. Lá, todo mundo está recluso, com medo. É uma troca: quando você liga, parece que a pessoa está pertinho de você. É bom para as duas partes, ainda mais para quem mora só, como eu. Certa vez, eu estava me sentindo muito sozinha, e a pessoa que ouviu minha poesia foi tão simpática que me senti abraçada — revelou Cristina.

Que linda iniciativa, né gente?

Com informações EXTRA

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS



LIVRO NOVO




A Soma de Todos Afetos
Blog oficial da escritora Fabíola Simões que, em 2015, publicou seu primeiro livro: "A Soma de todos Afetos".

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here