A Finlândia foi nomeada, mais uma vez, e agora pelo terceiro ano consecutivo, o país mais feliz do mundo. Pena que desta vez ninguém conseguiu comemorar já que a pandemia do COVID-19 não passou. De certa forma, não deixa de ser uma curiosidade interessante, até pra gente tenta se desligar um pouco desse momento complicado.

A eleição é feita pela publicação “World Happiness Report 2020” e que acabou batendo com o Dia Internacional da Felicidade, estabelecido pela ONU e celebrado todos os anos no dia 20 de março.

O Relatório Mundial de Felicidade das Nações Unidas, divulgado na última sexta, 20, mostra que depois da Finlândia os líderes em felicidade são a Dinamarca, a Suíça, a Islândia e a Noruega.

Os países mais felizes estão classificados em seis características ligadas ao bem-estar: renda, liberdade, confiança, expectativa de vida saudável, apoio social e generosidade.

A classificação veio de uma análise de dados de pesquisas com cerca de 156 países.

O Brasil aparece lá na posição de 32º lugar e manteve e manteve a classificação do ano passado.

O primeiro país fora da Europa a aparecer é a Costa Rica, que ocupada a posição de número 15. Depois, o México, em 24º lugar, e Uruguai (26º). A Espanha está em 28º, na frente da Guatemala. O Chile vem em 39º.

Ranking dos 10 países mais felizes do mundo

1. Finlândia
2. Dinamarca
3. Suíça
4. Islândia
5. Noruega
6. Holanda
7. Suécia
8. Nova Zelândia
9. Áustria
10. Luxemburgo

Com informações da CNN e CorreioBraziliense

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS



LIVRO NOVO




A Soma de Todos Afetos
Blog oficial da escritora Fabíola Simões que, em 2015, publicou seu primeiro livro: "A Soma de todos Afetos".

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here