Autoconhecimento. Creio que você já tenha ouvido essa palavra por aí, mas você já se permitiu passar por esse processo? O autoconhecimento é simplesmente o ato de se conhecer.

Quem é você? O que te faz bem? O que te faz mal? Quais são suas paixões? Quais são suas qualidades? E seus defeitos? O autoconhecimento responde isso e muito mais.

Há 3 anos atrás, passei por um momento muito difícil em minha vida. Quando a tempestade deu uma acalmada, percebi que não me conhecia como deveria. Porque se eu me conhecesse, saberia lidar com o momento difícil que passei.

Depois do ocorrido, decidi me permitir passar pelo autoconhecimento e está sendo uma experiência maravilhosa. Dei o passo inicial lá atrás, mas ainda estou passando pelo autoconhecimento, é um processo constante. Mas, há 3 anos atrás, dei o primeiro passo.

Quando era mais nova, sair sozinha era uma missão quase que impossível. Deixei de sair várias vezes por falta de companhia. Às vezes, surgia um programa legal pra fazer e como naquele momento não tinha com quem ir, deixava de ir mesmo com vontade. Me peguei fazendo isso várias vezes. Quando me permiti me autoconhecer, comecei a sair sozinha. Sim, é necessário que estejamos sozinhos. Não é que a gente não pode mais sair com outras pessoas, mas se o objetivo é se autoconhecer, é necessário que estejamos sozinhos porque trata-se de um mergulho ao nosso universo interior, e isso nós fazemos sozinhos.
Sai muitas e muitas vezes sozinha. Nessas saídas, descobri coisas sobre mim que não sabia. Descobri paixões, hobbies, qualidades, defeitos, o que me faz bem, o que me faz mal, enfim, informações que estavam ocultas dentro de mim.
Para o ser humano, é muito fácil apontar as falhas e os defeitos alheios. Olhar pra dentro de si e admitir que você tem defeitos que precisam ser trabalhados, é um ato que requer de nós muita sinceridade. Eu comecei a trabalhar nestes defeitos e ainda estou trabalhando, em compensação, descobri que tenho qualidades e dessas qualidades encontrei coisas que dá pra partilhar com outras pessoas. Uma delas é a escrita. Descobri que me conectar com pessoas através da escrita, me faz um bem danado.

Descobri que uma outra profissão me chama atenção. Nunca pensei que outra profissão além da comunicação me chamaria atenção. E como descobri isso, me permiti fazer um curso nesta área.

O autoconhecimento me ensinou a ser mais seletiva. Costumo dizer que conheço muitas pessoas, mas meu circulo de amizade é pequeno. Tenho poucos amigos, mas esses poucos amigos me fazem muito bem. São pessoas com quem converso e saio com frequência.

Para finalizar, o autoconhecimento me fez entender a importância de se ter fé. Eu não sei qual é sua religião, mas sou cristã e descobri um lugar maravilhoso que me faz muito bem. Cada vez que frequento este lugar, sinto a renovação da alma e do espirito em meu interior.

O autoconhecimento me proporcionou experiências maravilhosas. Se permita viver o mesmo. Tenho certeza que você descobrirá coisas inimagináveis.

Quem quiser dar uma olhadinha, fiz um vídeo que fala sobre autoconhecimento:


Photo by Thought Catalog on Unsplash

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS


LIVRO NOVO




Larissa Dias
Estudante de jornalismo, radialista por amor, escritora nas horas vagas. Adora dar boas risadas, costuma passar os domingos de pijama assistindo filmes e séries. Apesar de não curtir baladas, é incapaz de recusar uma rodinha de violão, e para pra cantar junto. Mesmo desafinada, garante que é simplicidade em pessoa.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here