A responsabilidade disso é o aumento excessivo nos níveis de dióxido de carbono que tornou o mar um local perigoso pra espécie, juntamente com outras com corpos mais frágeis. O risco de extinção dos caranguejos é real.

Todos nós já ouvimos falar das consequências geradas pelo aquecimento global nos oceanos, das mudanças climáticas altas temperaturas que desorganizaram o funcionamento instintivo dos animais. Mas até agora algo que não se acreditava ou que se tinha previsto, é a água de um oceano pudesse se tornar tão ácida que consegue a casca dura dos caranguejos.

E é exatamente isso que está acontecendo no momento no Oceano Pacífico, onde houve um aumento excessivo nos níveis de dióxido de carbono, o que torna a água por lá extremamente ácida e, nesse ritmo, se tornará inabitável para diversas espécies.

As descobertas foram publicadas na Science of the Total Environment, e são resultado de um estudo iniciado em 2016 nas águas costeiras de Oregon, Washington e Colúmbia Britânica. Lá, os cientistas examinaram as larvas de Dungeness, um tipo de caranguejo que vive por lá.

A descoberta foi decepcionante, pois eles viram como o pH do Oceano Pacífico está causando uma intensa corrosão em suas conchas.

É uma coisa inacreditável, porque a casca dos caranguejos geralmente tem dureza suficiente para evitar ser comido por outras espécies de grande força na mandíbula, como por exemplo de alguns tubarões. Ainda assim, a pesquisa não deixou claro como isso afetará o estilo de vida dos caranguejos a longo prazo ou os tipos de danos que serão causados a outras espécies, mas o perigo de extinção é sim uma realidade.

O aumento do dióxido de carbono se deve ao fato de o mar geralmente absorver grande parte desse gás que é liberado na atmosfera, impactando diretamente sua acidez.

Algo que continuará a aumentar enquanto a combustão fóssil não for reduzida pelos países, sendo um risco latente para a vida marinha. Quando se observa que esses níveis são capazes de dissolver carbonato de cálcio, que é o que os ossos formam, no futuro isso pode ser mais fácil corroer a pele também, inclusive de nós humanos. Já pensaram que futuro despótico seria?

Genial Guru

É hora de criar políticas punitivas que realmente ajudam na reformação do ecossistema, caso contrário, não se pode garantir que a vida marinha irá sobreviver.

“Se os caranguejos já estão afetados, precisamos realmente prestar atenção a vários componentes da cadeia alimentar antes que seja tarde demais”. disse Nina Bednarsek, principal autora do estudo

Steve Zissou Pet GIF - Find & Share on GIPHY

Os autores garantem que continuarão investigando e, dessa forma, obterão mais dados com os quais também poderão fornecer soluções para acabar com isso o mais rápido o suficiente, antes que seja tarde demais.

Com informações Science of the Total Environment

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS



LIVRO NOVO




A Soma de Todos Afetos
Blog oficial da escritora Fabíola Simões que, em 2015, publicou seu primeiro livro: "A Soma de todos Afetos".

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here