A doação do bilionário Andrew Forrest é a maior até agora. O empresário que outras empresas e filantropos sigam o seu exemplo e se à causa para salvar o país do fogo.

Milhares de pessoas já perderam suas casas, milhões de animais foram mortos e algumas colunas de fumaça são tão grandes que podem ser vistas do espaço: esse é o cenário atual na Austrália que não consegue deixar nenhum ser humano, de país algum, indiferente.

E enquanto os australianos tentaram todo o possível para controlar a catástrofe, ela ficou fora de controle e está consumindo o país. Se eles não receberem ajuda e rapidamente, o país pode ficar marcado e até inabitável por um longo tempo. Já pensaram nisso?

Mas felizmente, a ajuda está vindo de todos os lugares. Conscientes do que está em jogo, milhares de pessoas estão doando itens de socorro e dinheiro na tentativa de apoiar bombeiros, equipes de resgate, hospitais e clínicas veterinárias a continuarem lutando contra as chamas.

Apesar de qualquer cidadão fazer a sua parte, o país precisa mesmo é da ajuda de quem tem um poder monetário elevado. Os milionários e bilionários do mundo precisam ajudar também.

Phillipe Francois

Para iniciar um movimento, o bilionário mineiro Andrew «Twiggy» Forrest fez uma doação gigantesca de US$ 47 milhões dólares para ajudar o seu país natal.

A doação, a mais generosa até o momento, foi feita através de uma fundação de caridade, a Minderoo Foundation e será destinada para diferentes áreas, principalmente aquelas que mais precisam.

Cerca de 10% do dinheiro doado por Forrest será usado para ajudar as famílias que foram deslocadas pelos incêndios após perderem suas casas. Outros 10% serão usados para formar um “exército” de voluntários que ajudarão a reconstruir aldeias destruídas pelas chamas.

O restante do dinheiro será usado para criar planos e projetos que ajudem a acabar com a crise e garantir que isso nunca mais aconteça novamente.

“Com incrível coragem e determinação, os australianos se uniram para ajudar os devastados por esses incêndios. Reconhecemos que não temos todas as respostas, mas queremos entender o que as comunidades precisam e fazer todo o possível para ajudá-las”, disse o magnata para a imprensa local.

“Estamos colocando milhões em cima da mesa para criar resiliência, a fim de incentivar outras empresas e filantropos da Austrália e de todo o mundo a construir uma Austrália resiliente, para que possamos evitar uma tragédia que atinja esse ponto novamente”, acrescentou.

Embora o dinheiro não resolva todos os problemas, ele ajuda e muito os socorristas e as pessoas afetadas a se recuperarem e continuarem lutando para acabar com a catástrofe. As pessoas e os animais da Austrália precisam mais do que nunca desse tipo de ajuda.

Com informações UPSOCL

RECOMENDAMOS



LIVRO NOVO



Blog oficial da escritora Fabíola Simões que, em 2015, publicou seu primeiro livro: "A Soma de todos Afetos".

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui