O sistema funciona somente para mergulhos em profundidades consideradas rasas, e foi desenvolvida especialmente para atletas. Através de uma boia flutuante, conectada por uma mangueira ao “pulmão”, toda vez que a pessoa estende as pernas, o ar fresco desce através da mangueira e entra no dispositivo, pronto para ser inalado.

A tecnologia avança cada vez mais e com isso diversas invenções e descobertas benéficas ao ser humano estão sendo criadas diariamente para melhorar as nossas vidas. São esses avanços científicos que permitem mudanças e grandes evoluções em diversas áreas, como no caso que veremos abaixo.

Uma empresa austríaca acaba de criar uma espécie de pulmão artificial para respiração subaquática ilimitada. É um sistema simples em sua base, mas muito útil e inteligente. Ele usa uma boia flutuante, conectada por uma mangueira ao “pulmão”, permitindo que cada vez que a pessoa estenda as pernas, o ar fresco desça através da mangueira e entre no dispositivo, pronto para ser inalado.

Confira um vídeo abaixo sobre o seu funcionamento:

A empresa se chama Exolung, e tem como CEO o engenheiro veterano da Porsche, Jörg Tragatschnig, que alcançou essa invenção revolucionária, buscando uma alternativa para mergulhadores e atletas. Com a capacidade de traduzir os movimentos do mergulhador no ar para inalar, esse sistema está gerando um alvoroço no mercado.

O funcionamento é simples de entender e mais ainda para explicar e notar o seu brilhantismo e genialidade.

A boia na superfície que é conectada ao pulmão, tem uma mangueira por volta de 5 ou 7 metros. Essa caixa, que eles geralmente carregam no peito, tem uma câmara de ar dobrável, que é presa aos pés do mergulhador. Assim, quando você estica as pernas, o ar fresco entra na mangueira e fica disponível no “pulmão” para a pessoa respirar. Chega de se preocupar com o tanque de oxigênio acabando. É um sistema barato e simples de manter.

A higiene do equipamento é bastante fácil e o seu peso é bastante leve, o que é uma vantagem quando está na água. O equipamento todo pesa 3,5 kg.

“A ideia era criar uma extensão do kit habitual de snorkeling, simples, robusto e acessível, sem exigir muita manutenção e sem absolutamente nenhuma recarga. Exolung é uma abordagem nova e única para mergulhar em águas rasas para fins recreativos e úteis. Também é bom usar na piscina para treinar, assim como ginástica subaquática ou ioga”. Explicar os criadores em mais um vídeo a ser conferido abaixo que foi publicado no YouTube.

Sem dúvida, um sistema e invenção que vai revolucionar a indústria de mergulho, na verdade já está próximo do comércio aberto para todos e terá um custo de mercado de aproximadamente 300 euros em sua versão mais básica. Outra facilidade do equipamento é que não será preciso ter um certificado de mergulhado para usá-lo. É só saber o básico como naqueles passeios de férias. A diferença é que, como dito no início da matéria, essa nova tecnologia é apenas para mergulhos em profundidades rasas e não profissionais.

Mas se você está querendo aproveitar aquelas férias, ver uns corais, uns peixinhos, essa notícia certamente vai te animar bastante.

Com informações UPSOCL

RECOMENDAMOS



LIVRO NOVO



Blog oficial da escritora Fabíola Simões que, em 2015, publicou seu primeiro livro: "A Soma de todos Afetos".

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui