É aniversário de um marco histórico para a natureza e também para o meio ambiente!

Os elefantes da reserva natural do Niassa, Moçambique, não são mais ameaçados de morte por caçadores ilegais há um ano inteiro. Durante esse período, eles passaram de 2.000 elefantes, dobrando esse número para um pouco mais de 4.000.

O governo de Moçambique criou uma força policial especializada e totalmente focada no atendimento de elefantes diante de ameaças humanas.

Esta nova unidade de elite está melhor armada que os guardas florestais de reserva comuns e possuem a reputação de serem bastante rígidos com quem tenta praticar a caça dos animais. Seus membros têm a capacidade de prender suspeitos de caçadores ilegais, organizar um caso dentro de 72 horas e ainda enviá-lo ao promotor local para eventuais punições judiciais.

17 de maio de 2018 foi a última vez que um elefante da reserva do Niassa foi caçado, agora todos vivem em segurança, graças ao governo local. Algo que vale a pena comemorar, admirar e compartilhar sempre!

Com informações Nation

COMPARTILHAR

LIVRO NOVO




A Soma de Todos Afetos
Blog oficial da escritora Fabíola Simões que, em 2015, publicou seu primeiro livro: "A Soma de todos Afetos".

1 COMENTÁRIO

  1. Muito feliz por essa notícia!!!! Gostaria que não fosse necessário ter que proteger mas o ser humano não é nada humano. Uma grande parte é a maldade em forma de gente. Enfim: palmas para os seres do bem!!!

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here