É a terceira vez que uma representante da África do Sul leva o Miss Universo. A vencedora da vez é a relações públicas Zozibini Tunzi, de 26 anos, que fez um discurso poderoso sobre a importância da representatividade no momento da premiação:

”Eu cresci em um mundo em que uma mulher com a minha pele, a minha aparência e o meu cabelo não era considerada bonita. Isso acaba hoje! Quero que as crianças enxerguem o reflexo dos seus rostos no meu”, disse Zozibini.

A sul-africana foi eleita a vencedora do Miss Universo 2019 na madrugada da última segunda-feira, 9, em Atlanta, nos Estados Unidos.

Zozibini é a primeira negra a vencer o prêmio desde 2011, ano em que Leila Lopes, Miss Angola, conquistou a edição que teve o Brasil como sede.

A disputa final ficou entre Zozibini e a Miss Porto Rico, Madison Anderson, que ficou o segundo lugar. Já a Miss México, Sofia Aragon, terminou em terceiro.

Tunzi Zozibini nasceu em Tsolo, Cabo Oriantals, com os pais Philiswa Nadapu e Lungisa Tunzi, e cresceu na vila vizinha de Sidwadweni. Tunzi é uma de três irmãs.

Mais velha, mudou-se para a Cidade do Cabo, estabelecendo-se no subúrbio de Gardens, onde cursou a Universidade de Tecnologia da Península do Cabo, na qual se formou em 2018 em Relações Públicas e Gerenciamento de Imagens.

Raissa Santana, a Miss Brasil de 2016, foi uma das que fez questão de parabenizar a atual vencedora através das redes sociais.

“E foi assim que @zozitunzi ganhou o miss Universo! Uma mulher forte, inteligente, linda e com um discurso tão verdadeiro!

Foto: Divulgação

Abaixo você confere o emocionante momento da premiação:

Com informações da Revista Claudia

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS




A Soma de Todos Afetos
Blog oficial da escritora Fabíola Simões que, em 2015, publicou seu primeiro livro: "A Soma de todos Afetos".

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here