A melhor notícia de todas: ela tem 50% mais de vida útil do que uma estrada convencional feita de concreto e cimento.

O mundo finalmente entendeu que precisa caminhar para um futuro verde. Estamos entendendo, mesmo que forçadamente, que devemos nos reinventar para prolongar nossa estadia na Terra. Muitas iniciativas relacionadas à reciclagem foram promovidas e agora chegou uma que promete revolucionar totalmente o nosso jeito de construir estradas.

Trata-se da primeira estrada do mundo feita de plástico reciclável, sendo feita também parcialmente por trechos de asfalto também reciclados. A estrada foi construído na cidade de Guanajuato por iniciativa do Ministério das Comunicações e Transportes (SCT), além de empresas dedicadas ao campo.

Como indica a Forbes, a estrada conectará as cidades de Irapuato e Cuerámaro, com uma extensão de 14 quilômetros.

Ela foi construído com 1,7 toneladas de plástico usado e reciclado, equivalente a mais de 400 mil contêineres de material.

Down

A Dow foi a empresa que materializou a ideia, juntamente com as empresas Vise, Surfax, Lasfalto e Omnigreen.

“Com esta nova tecnologia, não apenas oferece uma solução possível para o gerenciamento de resíduos de plástico, mas também permite que a vida teórica das estradas seja estendida em até 50% em relação ao asfalto convencional.” Disse a empresa Dow através de um comunicado.

Dentre os vários setores que a empresa atua, o ramo das estradas é a principal delas, incluindo obviamente os motoristas. Paula Sans, diretora geral da Dow, apontou para a economia circular gerada com esse tipo de reciclagem, onde você pode tirar proveito em mais de uma ocasião.

Down

“Demonstrar que estradas feitas de asfalto modificado de alto desempenho podem ser obtidas usando material plástico reciclado é um passo adiante para desenvolver aplicativos com base em um modelo de negócios de economia circular e até fornecer uma solução para a crescente preocupação em relação à gestão de resíduos plásticos”, disse.

A intenção agora é aumentar esse projeto em larga escala, claro.

Com informações Forbes

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS



LIVRO NOVO




A Soma de Todos Afetos
Blog oficial da escritora Fabíola Simões que, em 2015, publicou seu primeiro livro: "A Soma de todos Afetos".

10 COMENTÁRIOS

  1. um container de 40 leva 27 toneladas, para 1700 toneladas seriam necessarios 63 containers
    um container de 20 leva 21 toneladas, para 1700 toneladas seriam necessarios 81 containers
    jornalistas precisam compreender mais para informar melhor, a materia comenta sobre uma aplicacao muito boa, mas peca em detalhes, e mal redigida, e acaba informando e desinformando ao mesmo tempo,
    nem, sei se o numero seria 1700 toneladas….
    14 km, ou 14.000 metros, com 1700 toneladas, isso daria 121 kg de plastico por metro linear de estrada,
    muito pouco, talvez 17.000 toneladas, 17.000.000kg por 14.000 metros, ai daria 1210 kg por metro linear de estrada, mas uma estrada tem um leito que supera determinada largura, se imaginarmos por hipotese que seu leito de acostamento a acostamento tem 12 metros, ai estamos falando em 121 kg por metro quadrado,
    entao isso ai pode ser bem maior, talves 170.000 toneladas…
    o jornalista que escreveu isto precisa aprender a se auto criticar e a aprofundar melhor os detalhes…

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here