O H.O.P.E como é chamado o ônibus, vem equipado com camas, chuveiros, banheiros e cozinhas para atender dezenas de pessoas necessitadas todas as noites.

Ian e Tammy Smith tem como principal objetivo na vida ajudar pessoas carentes. Desde que o casal se conheceu, há mais de quatro anos, o relacionamentos deles é baseado na preocupação com os mais desfortunados, especialmente aqueles sem-teto e que vivem em situação de rua.

Eles já participaram voluntariamente de diversas instituições de caridade, entregaram café quente para as pessoas suportarem as noites frias de Gales e também ajudaram a coletar dinheiro para lhes dar comida e roupas quentes.

Mas foi numa viagem para Bristol quando tiveram uma ideia que não conseguiram tirar da cabeça e da qual terminaria ajudando muitas pessoas de um jeito completamente inovador.

“Temos alimentado os sem-teto nos últimos quatro anos. Está se tornando cada vez mais comum e estamos vendo muito mais pessoas nas ruas”, disseram o casal.

Era o Bristol Home for the Night, uma espécie de albergue móvel que busca e reúne pessoas em situação de rua para fornecer calor e abrigo.

Assim que voltaram da viagem, eles se encontraram com seus amigos da H.O.P.E. e começaram a arrecadar fundos para criar sua própria versão do abrigo móvel

O caminho até conseguirem não foi fácil. Como a HOPE não é uma instituição de caridade com certificação, eles não puderam solicitar fundos pro governo para o projeto. Dependendo apenas de doações de pessoas anônimas, o ônibus levou anos para arrecadar dinheiro o suficiente para ser transformado no que é hoje.

O ônibus H.O.P.E conta com 12 camas, cozinhas, banheiros e chuveiros com água quente. Embora ainda precise de alguns reparos para que possa funcionar sem problemas, eles esperam que o ônibus possa estar em atividade em questão de poucas semanas.

“[O ônibus] tem sido um trabalho árduo, mas valeu a pena. Queremos circulá-lo antes do Natal, mas somente se pudermos superar esses reparos. Mas ainda estamos procurando financiamento. Pegar o ônibus de Cefn Fforest para Newport custa £60 em combustível”, Ian disse ao portal de notícias Wales Online.

A única preocupação, dizem eles, é conseguir dinheiro de maneira estável para pagar as contas de combustível, água e gás.

Com alguma sorte e contando com a bondade de sua comunidade, Ian e Tammy esperam que o ônibus HOPE esteja pronto para o Natal e faça das férias uma data acolhedora, confortável e tranquila para quem não tem nada e vive nas ruas.

Com informações dos sites BristolPost e WalesOnline

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS



LIVRO NOVO




A Soma de Todos Afetos
Blog oficial da escritora Fabíola Simões que, em 2015, publicou seu primeiro livro: "A Soma de todos Afetos".

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here