Você planejou mudar de ares, conhecer novos sabores e lugares. Fez a mala, colocou tudo dentro e sem querer deixou um espaço vazio para o passado se encaixar entre as roupas dobradas e o secador de cabelo. Sem querer você levou o seu ex junto de você.

Você pagou caro para percorrer milhas e milhas, mas acabou carregando o bendito consigo. Plantou ele junto das árvores do Central Park. Mergulhou com ele nas límpidas águas de Bonito. Dançou um mórbido tango com o infeliz em Buenos Aires.

O passado é assim, sem querer ele volta e deixa a gente desnorteada. E você que não queria nem ouvir o nome do ex acabou pagando passagem pra ele. Estragou seus planos para um novo alguém. Ficou brava sem razão e ainda culpou a tpm.

Nunca devemos esquecer o que algumas pessoas nos fizeram no passado, mas não precisamos ficar lembrando disso de hora em hora. Enterre o seu ex de vez e anote em um papel tudo que deveria estar escrito na lápide dele.

Gratidão pelo que foi, mas fé no futuro. Nada de ficar rememorando o que não te faz bem. Ao viajar não carregue consigo o peso daquilo que poderia ter sido, mas não foi.

Permita-se ser feliz. Descubra a nova mulher que há em você. Enxergue-se por outros olhos. Escreva uma nova história.

Não pague por excesso de bagagem. Viaje leve e livre dos teus demônios. Permita-se voar. Permita-se tirar do peito e da cabeça toda a dor do passado. Permita-se amar de novo.

***

Acompanhe a autora Vanelli Doratioto em Alcova Moderna

Imagem de StockSnap por Pixabay

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS




Vanelli Doratioto
Vanelli Doratioto é uma escritora paulista, amante de museus, livros e pinturas que se deixa encantar facilmente pelo que há de mais genuíno nas pessoas. Ela acredita que as palavras são mágicas, que através delas pode trazer pessoas, conceitos e lugares para bem pertinho do coração.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here