Anderson Dias, baiano de nascença e pernambucano de criação, de apenas 25 anos, quebrou o recorde mundial de volta ao mundo por conseguir visitar, em 543 dias, todos os países globo. Ao todo, Anderson passou por 195 nações mais o Vaticano.

Anderson bateu o recorde que até então era de Cassandra De Pecol, de 28 anos. Natural de Connecticut, nos EUA, ela levou 558 dias para visitar a mesma quantidade de países.

O brasileiro, que tem mais de 1 milhão seguidores no perfil 196Sonhos, no Instagram, terminou o longo percurso neste fim de semana e foi recebido com festa com mais de 500 pessoas no aeroporto de Recife.

“Acabou. Ninguém vai tirar isso. Brasil, você tem um filho recorde”, disse Anderson.

Ao contrário do que se possa imaginar nesses casos, Anderson Dias não veio de uma família rica.

No site que dá nome ao Instagram, o brasileiro conta um pouco das histórias que viveu nos últimos anos:

“Vim de família pobre, sai de casa com 17 anos, fui pra Recife, passei muita dificuldade, cheguei ate ficar sem comer por 2 dias, então decidi vender capinhas de celular no ônibus, na rua, na praia, nos shoppings”, diz.

Ele conta que começou a ganhar dinheiro, montou uma empresa, fez ela crescer e depois a vendeu para realizar o sonho de viajar.

“Larguei tudo, carro, casa, família para poder me aventurar nessa jornada, que tem como objetivo ensinar as pessoas a saírem de suas zonas de conforto”, afirma na página.

Após o grande feito, Anderson agora quer motivar as pessoas:

“Disseminar motivação pelo mundo. Quero mostrar que não temos que viver conforme os padrões que a sociedade impõe. Podemos fazer diferente. Quero… abrir os olhos dos brasileiros para muitas coisas, quero despertar no povo a vontade de empreender, de crescer, de ser grande”, afirma.

Depois de visitar tantos países, Anderson revela ter voltado ainda mais apaixonado pelo Brasil.

“[Em] Cada país que passo vejo o quanto nosso Brasil é lindo, o quanto as pessoas são guerreiras, sofridas, e são essas dificuldades que fazem os brasileiros serem criativos, por que não usar isso pra realização de sonhos?

“O medo do diferente faz a gente se acomodar, e muitas vezes não é algo ruim, é só diferente”, incentiva.

Além do fim da viagem, Anderson também comemorou o fato de uma matéria com ele ter sido publicada no jornal The Times.

“Acabamos de sair nada mais, nada menos que no The Times!! Um dos jornais mais vistos do Reino Unido!”, escreveu Anderson no Instagram.

Com informações do portal Snb

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS




A Soma de Todos Afetos
Blog oficial da escritora Fabíola Simões que, em 2015, publicou seu primeiro livro: "A Soma de todos Afetos".

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here