O amor pelo cãozinho é mais importante do que um jogo de futebol e Danilo está rifando o seu ingresso da semifinal da Libertadores entre Flamengo x Grêmio para custear o tratamento de câncer do seu cachorro.

Danilo Mello é morador do Rio de Janeiro. Sem ter dinheiro para o tratamento do seu cão, ele resolveu criar uma campanha no Vakinha e explicou: “Doze está com câncer. Não é operável. Precisamos iniciar o tratamento com radio e quimioterapia, pra ele ter uma chance de melhorar. O custo é caro, aproximadamente R$ 7.000,00”, escreveu no seu perfil no Facebook.

A namorada, Renata, explicou SóNotíciaBoa que “Danilo é um alucinado pelo Flamengo, ele passa mal e tudo… ele larga tudo pra ir ao Maracanã”, mas deixou o jogo não é mais importante do que do Doze.

E essa foi a única solução que o rapaz encontrou no momento:

“Estou desempregado, meu pai internado no hospital, falei pra ela [Renata] calma, vamos dar um jeito nisso! Pensamos na vaquinha online e pensei. O que eu tenho de mais valor pra vender e tentar mais uma grana?” Meu ingresso!! E ai não pensei duas vezes. Vamos fazer a vaquinha mas com o ingresso de “brinde”, disse Danilo ao site.

“Estou rifando meu ingresso do jogo da semifinal da libertadores*… *FLAxGRE*. Será que conseguimos?”, perguntou nas suas redes sociais.

Danilo, que é ator, contou que Doze é um vira-lata ainda jovem e que ele foi resgatado das ruas.

Ele tem esse nome porque o casal se conheceu no dia 01 de dezembro de 2012.

“Ele chegou pra gente quando era filhote. Postaram no Facebook o anúncio da doação e no momento em que eu vi, fiquei nervosa, foi amor à primeira vista mesmo”, contou Renata.

Danilo explica que o cãozinho é misturado com a raça sharpei.

“[Ele é] Parente de algum sharpei, que foi resgatado com 60 dias, perdido pela rua. Hoje tem 5 anos, ama muito bolinhas, odeia pombos e fogos…”

O rapaz ainda explicou um pouco mais sobre o câncer de Doze:

“Mesmo tão “xovem”, tem um problema: está com câncer, um mastocitoma grau III. Não é operável. Ele precisa de radio e quimio, um tratamento muito caro e não temos muito tempo”.

Renata confirma que o caso é grave.

“O câncer dele é um tipo agressivo, que tem grande chance de espalhar. Ele tem mistura com sharpei e o sharpei tem muita tendeência a ter problema com esse tipo de câncer. Ele não pode operar porque está no queixo dele… Teríamos que tirar a mandíbula. O tratamento com radiorerapia é a melhor chance de fazer com que não espalhe. Mas o tempo é curto. O tumor pode crescer em questão de dias”, conta.

E tudo isso esbarra no custo do tratamento:

“Cada sessão custa R$900 e pouco e só tem na Onco Pet, na Barra [da Tijuca], que nos atendeu muito bem… mas os valores são altos”, lamenta.

A apelo de Danilo obviamente é para os torcedores do seu próprio time, o Flamengo. Mas qualquer um que ame futebol e queira ajudar pode e deve contribuir.

“Se você… não tem como contribuir, pode ajudar a divulgar ‘praquele’ amigo #flamenguista. Pra nossa sorte tem alguns milhares deles por aí”, escreveu.

Danilo diz que qualquer valor pode ajudar Doze e essa doação dará uma chance de algum sortudo ir na segunda partida da semifinal da Libertadores que acontecerá dia 23 de outubro.

“A vakinha se encerrará dia 18/10, data em que faremos o sorteio, com todos doadores, em chances iguais. O ingresso será entregue em mãos, a combinar”, promete.

Dos R$ 7 mil que precisa, Danilo já conseguiu arrecadar mais de R$ 4 mil até o fechamento o momento. Ele está quase lá. Vamos ajudar?

Para doar acesse o link aqui.

Confira a publicação completa de Danilo no Facebook:

Amigos e amigas, recebemos essa semana uma notícia ruim: *Doze está com câncer. Não é operável,* precisamos iniciar o…

Posted by Danilo Mello on Friday, October 4, 2019

COMPARTILHAR

LIVRO NOVO




A Soma de Todos Afetos
Blog oficial da escritora Fabíola Simões que, em 2015, publicou seu primeiro livro: "A Soma de todos Afetos".

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here