E se você além do boletim do seus filhos, você também tivesse um? É o que acontece nessa escola onde, de forma bastante criativa, os próprios alunos avaliam o desempenho e a participação dos pais no ano letivo. Como resultado, as faltas nas reuniões diminuíram e acompanhamento dos pais só melhorou desde então!

Essa grande ideia de atividade acontece numa escola de Ananindeua, no Pará, e foi desenvolvida para diminuir a evasão dos pais nas reuniões com os professores.

Geralmente, os pais exigem dos filhos boas notas e um bom comportamento, mas quando se trata de estar presente na vida acadêmica dos filhos, grande parte deles é ausente. Foi pensando nisso que a escolha resolveu realizar essa atividade voltada para toda a família, de modo que não só o desempenho escolas das crianças melhores, como também as relações dos pais com as escola e com os próprios filhos.

A ideia do boletim contempla os pais de alunos do 3º ao 9º do Ensino Fundamental. “Sabemos que o aluno vence muitas etapas para chegar até a sala de aula, e na maioria das vezes os pais não se atentam para o aspecto emocional, que está diretamente ligado ao aspecto cognitivo”, disse Suellen Raiol, coordenadora pedagógica do Hotel Escola Girassol, ao Razões para Acreditar.

O que vc faria se ao chegar na escola para receber o boletim do seu filho fosse surpreendido por um boletim com o seu…

Posted by Hotel Escola Girassol on Wednesday, September 20, 2017

“Criamos o boletim para fortalecer a relação da família com a escola. Entendemos que o indivíduo precisa estar emocionalmente saudável para aprender e que a família é fundamental para esse desenvolvimento. Vimos a necessidade de um choque de reflexão nos pais. Nada que os ofendesse, porém aquilo que muitos filhos sentem foi avaliado através de notas”, acrescenta a coordenadora.

Suellen também conta que os pais agora ficam ansiosos para saber como estão sendo avaliados pelos filhos. Depois que o boletim foi aderido, o número de faltas nas reuniões caiu para apenas 5, em turmas que têm no máximo 20 alunos. A média de faltas antes do boletim era de 15.

Para aproximar ainda mais a família da escola, a direção da escola também optou por promover um encontro que chama “Eu e minha Família”. Nela, os pais são convidados a escrever uma carta para seus filhos, dizendo o significado que eles têm, suas qualidades e o que desejam para a vida deles.

“No ano passado, foi um sucesso. Muita emoção e muito amor envolvido nesse momento. Os pais das crianças mais novas fizeram desenhos e colocaram fotos para expressar o amor por seu filho”, relembra Suellen Raiol. No dia que as cartas são entregues, muitos alunos e pais choram, outros se alegram e, no final de cada encontro, todos se abraçam.

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS



LIVRO NOVO




A Soma de Todos Afetos
Blog oficial da escritora Fabíola Simões que, em 2015, publicou seu primeiro livro: "A Soma de todos Afetos".

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here