“Minha filha, quando você for mais velha, você vai saber de toda a verdade, de todas as vezes que ficamos juntos quando você tava passando mal, que te levei pra passear, do carnaval que passamos juntos, das balas e leite que comprei pra você, do vestido de princesa que to comprando hoje, você vai saber que você me escolheu como seu pai”.

É assim que Raphael Porto define a sua relação com a linda AnaFlor, filha de uma amiga da namorada. O jovem do Rio de Janeiro não planejou nada disso, mas aconteceu e ele assumiu a paternidade da pequena.

“Pai é quem cria, quem dá amor, quem zela pela saúde e cuida, acima de tudo”, diz em outro trecho.

“É uma ligação tão forte, que é até difícil explicar”, continua contando.

Raphael decidiu assumir e adotar AnaFlor por causa de um momento totalmente inesperado, mas não menos fruto do amor que se desenvolveu entre eles.

“Nós três estávamos na sala de casa conversado e a AnaFlor brincando no chão, quando ela me chamou de pai. Ela me escolheu como seu pai. No início, achamos que seria algo momentâneo, mas ela continuou. Foi quando eu conversei com a minha namorada e com a Brunna – mãe da menina – sobre eu assumir essa figura paterna da AnaFlor ”, contou Raphael ao BHAZ.

A namorada embarcou na decisão de Raphael na hora.

AnaFlor é filha de Brunna Andrade, que é amiga de Amanda Tavares, que é namorada de Raphael. Eles começaram essa amizade há mais de um ano e nada mudou muito depois do Raphel assumir AnaFlor, já que os três conseguem ter uma convivência bem harmoniosa, como uma família deve ser.

“Ajudo com coisas que eu posso e sempre ligo pra saber se está faltando algo. A Amanda [namorada de Raphael] é como uma segunda mãe também. Somos uma família com um pai e duas mães e nos damos muito bem, não há briga entre a gente”, explica.

Raphael ainda garante que não há nada de diferente na relação deles, principalmente enter a questão biológica entre pai e filha.

“A mãe é mais carinhosa mais zelosa, eu tento corrigir mais e sou mais rude, claro que dentro do carinho e sem faltar com respeito, sempre educando. Acredito que, quando ela crescer, vai entender todo o carinho e essa preocupação que tenho por ela crescer em mundo machista, onde a mulher é maltratada. Eu sempre, eternamente, vou proteger ela independente do que aconteça”, afirma.

Ainda assim, infelizmente, Raphael é alvo do preconceito de pessoas que não têm iniciativa nem coragem para tomar uma atitude como a dele.

Pessoas já escreveram e disseram coisas para atacar a relação deles. Foi daí que partiu do próprio usar o Facebook para dar um recado para essas pessoas “incomodadas”.

“A todos que acham isso um absurdo, vão fazer o bem, vão fazer diferença na vida do outro, falar mal da minha vida, não irá fazer da sua uma vida melhor”.

Devido ao grande numero de pessoas que vieram me perguntar sobre minha filha(AnaFlor), irei esclarecer a historia.Ate 2…

Posted by Raphael Porto on Tuesday, August 13, 2019

Com informações do RPA e BHAZ

COMPARTILHAR

RECOMENDAMOS




A Soma de Todos Afetos
Blog oficial da escritora Fabíola Simões que, em 2015, publicou seu primeiro livro: "A Soma de todos Afetos".

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here