O objetivo é que 100% do plástico seja reciclado até 2025 e, da mesma forma, a venda de plástico descartável, como copos e talheres, será proibida.

Além disso, uma das medidas que mais chamou a atenção foi o retorno dos contêineres de vidro, algo que não ocorria na França desde os anos 50.

“O objetivo final é a luta contra o plástico, apostando na reutilização de produtos, incluindo garrafas de vidro, como foi feito em 1950”.

A outra proposta esclarece que os produtos eletrônicos e elétricos devem ser reparados, o que também deve oferecer peças de reposição, além de oficinas mecânicas.

Além de incluir peças, as lojas físicas e os distribuidores on-line devem assumir e reutilizar os produtos, uma vez que não são mais usados ​​por seus clientes.

Por outro lado, será proibida a destruição de produtos que não tenham encontrado um novo comprador, como é liberado atualmente.

Você acha que essa medida deve ser imitada por outros países?

Com informações Nation

RECOMENDAMOS



LIVRO NOVO



Blog oficial da escritora Fabíola Simões que, em 2015, publicou seu primeiro livro: "A Soma de todos Afetos".

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui